Esportes, Futebol, Paulistão

São Caetano tropeça no Oeste e pode perder liderança

Faltou inspiração ao São Caetano, do atacante Carlão, para derrotar o Oeste. Foto: Adriano Stofaleti/AD São CaetanoO São Caetano frustrou sua torcida e só empatou com o Oeste por 1 a 1 ontem (24), no Anacleto Campanella, em jogo que abriu a 13ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2.

Após a goleada por 6 a 0 sobre o Mogi Mirim, na terça-feira, esperava-se nova exibição de gala do Azulão, mas não foi o que aconteceu. Além de desperdiçar a chance de abrir três pontos de vantagem sobre o Água Santa, o time pode perder novamente a liderança ocupada com 26 pontos para o Netuno (25), que recebe o Guarani amanhã, às 15h, no Inamar.

“(O Oeste) é um time complicado, apesar de não estar na parte de cima da tabela. Empate em casa nunca é um bom resultado, mas somamos um ponto que pode nos ajudar lá na frente”, disse o atacante Lincom, autor do gol de empate do Azulão no segundo tempo, ao canal Sportv.

O São Caetano dominou o primeiro tempo da partida, mas os atacantes Ermínio e Carlão – artilheiros da Série A2 com sete gols cada – não estavam inspirados e o primeiro tempo terminou sem mudanças no placar.

O Oeste voltou melhor para o segundo tempo e assustou o goleiro Paes em um chute de Rafael Luz que acertou a trave. Três minutos depois, Mazinho recebeu de Da Matta, invadiu a área e marcou o gol da equipe rubro-negra.

Em uma noite em que nada parecia dar certo, o técnico Luis Carlos Martins promoveu a entrada do centroavante Lincom e a substituição deu resultado. Aos 36 minutos, após cobrança de escanteio, Paulinho Santos pegou a sobra e encontrou o ex-Corinthians sozinho dentro da área. O atacante chutou com estilo e empatou a partida no Anacleto Campanella.

 

SÃO CAETANO 1 X 1 OESTE

Gols: Mazinho, aos 6, e Lincom, aos 38 minutos do segundo tempo. Árbitro: Kleber Canto dos Santos. Estádio: Anacleto Campanella, em São Caetano, ontem à noite.

SÃO CAETANO

Paes; Alex Reinaldo, Sandoval, Eduardo Luiz e Bruno Recife (Thiago Pereira); Esley, Ferreira (Lincom), Paulinho Santos e Paulo Vinícius (Nor­ton); Carlão e Ermínio. Técnico: Luis Carlos Martins.

OESTE

Rodolfo; Reginaldo, Garutti, Luiz Gustavo e Jean; Barra, Lídio (Tatuí), Da Matta, Rafael Luz (Tiago Adan) e Mazinho; Robert (Erick). Técnico: Roberto Cavalo.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*