Arte & Lazer, Teatro

São Caetano recebe atividades de educação ambiental em escolas e espaço público

O projeto consiste em três frentes: oficinas para professores, oficinas para alunos e apresentações dos espetáculos “No curso do rio” e “Bonecos, Ritmos e Músicas”. Foto: Divulgação/Ricardo Boni
O projeto consiste em três frentes: oficinas para professores, oficinas para alunos e apresentações dos espetáculos “No curso do rio” e “Bonecos, Ritmos e Músicas”. Foto: Divulgação/Ricardo Boni

Você sabia que uma garrafa pet leva ao menos 400 anos para se decompor na natureza? Nas mãos da Cia. Bonecos Urbanos, o que estava destinado ao lixo, vira arte e educação ambiental em espetáculos de teatro e oficinas. A companhia nascida e criada na capital paulista, que completa 25 anos em 2023, está de volta com o projeto Bonecos Urbanos em Ação – 2ª Edição, que será realizado até amanhã (24) em São Caetano do Sul.

O projeto consiste em três frentes: oficinas para professores, oficinas para alunos e apresentações dos espetáculos “No curso do rio” e “Bonecos, Ritmos e Músicas”. As apresentações são gratuitas e para todos os públicos.

Inspirado na obra “Rosinha, minha canoa”, de José Mauro de Vasconcelos (autor de “Meu Pé de Laranja Lima”), “No curso do rio” tem como tema a importância da preservação ambiental. Zé Dito é um morador do interior que conversa com a natureza e aprende muito com as histórias de Landinha, sua canoa. Já “Bonecos, Ritmos e Músicas” mostra a saga de Clarisvaldo, um pacato pescador do interior recém-chegado à capital paulista. Na cidade grande, ele conhece seus curiosos habitantes, aprende sobre diferentes culturas e embarca numa viagem de ritmos como samba, hip hop, pop e reggae.

Nas oficinas, os membros da trupe ensinam como confeccionar bonecos a partir de materiais recicláveis, sendo a garrafa pet o item principal. Na primeira edição, o projeto capacitou 150 professores e realizou oficinas para duas mil crianças.

“A ideia é levar arte para quem nunca pisou em um teatro e, principalmente, usar a linguagem lúdica para trabalhar conceitos de preservação ambiental e diversidade. E, principalmente, despertar nos professores e alunos envolvidos um novo olhar para o lixo por meio das oficinas. Garrafas pets, tampas e meias usadas viram bonecos, despertando o interesse pela arte do teatro e consciência ambiental em quem participa”, explica André Luiz, integrante da Cia e idealizador do projeto.

“A gente estima que a técnica de fazer bonecos tenha chegado a cerca de 35 mil alunos, evitando que ao menos três toneladas e meia de garrafas pet virassem lixo. Mais que a quantidade de lixo que deixou de ir para os bueiros, é o poder dessa informação: são 35 mil famílias que passam a olhar o lixo de uma nova forma”, acrescentou referindo-se à primeira edição do projeto.

“O Bonecos em Ação é muito mais que um simples olhar para a reutilização de materiais recicláveis. Ele leva em seu escopo, além da conscientização ambiental, o olhar e a reflexão sobre as diversas formas de transformar o lixo doméstico em arte, cultura popular, artesanato e renda extra, ajudando o desenvolvimento cultural, ambiental e social das cidades contempladas”, complementa Rubinho Louzada, um dos fundadores da companhia.

Com realização do Ministério da Cultura e o patrocínio da Iguá, Toyota e Smart Modular Technologies, via Lei de Incentivo à Cultura, o projeto contempla as cidades de Andradina, Castilho, Mirassol, Atibaia, Juquitiba e São Paulo, além de São Caetano do Sul.

SOBRE A CIA. BONECOS URBANOS

Criada em 1998, a companhia trabalha com manipulação e confecção de bonecos para produções de Teatro e Audiovisual. O grupo realiza apresentações de seu repertório teatral, oficinas para todas as idades e encomendas de peças, bonecos e projetos audiovisuais, como as vinhetas da Cartoon Network USA, veiculadas em todo o mundo. Seus bonecos e atores marcam presença na televisão – em programas como o Cocoricó, da TV Cultura, e em diversos comerciais – e também em grandes parcerias como a com o SESC e com o Parque da Água Branca, em São Paulo, palco de suas primeiras apresentações de teatro de rua. Saiba mais sobre seus integrantes:

André Luiz é de Campo Grande (MS), onde desenvolveu boa parte de sua formação como ator. É um artista múltiplo, com conhecimentos de dança, circo e confecção e manipulação de bonecos. Iniciou a carreira em 1994, no espetáculo “Bailei na curva”. Participou de outras companhias e fez dezenas de espetáculos até chegar no Bonecos Urbanos, em 2008, já em São Paulo. Curiosidade: além de escrever e realizar projetos culturais, também é formado em Educação Física pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul.

Eduardo Alves se autodenomina ator-bonequeiro e palhaço. Já ministrou oficinas de confecção e manipulação de bonecos nos lugares mais variados, de sindicatos a unidades do SESC, passando por muitas escolas. Além de pesquisas, apresentações e oficinas realizadas pela Cia. Bonecos Urbanos, seu trabalho de ator manipulador pode ser visto em algumas das mais importantes séries infantis de bonecos para vídeo e TV, como Cocoricó, interpretando a galinha Lola, João e Pato Torquato, e Que Bicho Te Mordeu, ambos da TV Cultura, e no Igarapé Mágico, da TV Brasil.

Luana U é atriz, mímica, ilustradora e produtora teatral. Há 10 anos produz e atua em espetáculos e oficinas de Teatro Físico e Teatro de Animação e, desde 2019, na área de Animação Audiovisual. Está na Cia Bonecos Urbanos desde 2013 e também trabalha com outras companhias. Versátil, tem ainda experiência em dublagem e locução, design gráfico e ilustração.

Rubinho Louzada é praticamente o sobrenome da Cia. de Bonecos Urbanos. Ele é um dos fundadores (ao lado de Eduardo) da companhia, onde exerce diversas funções: ator, bonequeiro, autor, oficineiro, aderecista, cenógrafo e produtor. Autodidata, sua formação vem da curiosidade e da prática adquirida em oficinas e festivais. Já fez parte da diretoria da Cooperativa Paulista de Teatro, onde incentivou o debate e pesquisa sobre teatro de animação. Também faz parte do elenco do Cocoricó e já esteve por trás de bonecos em diversos comerciais. Fez a direção de arte do clipe Entre seus Rins, do IRA!, e animações para a programação do Cartoon Network.

SERVIÇOS
Dia 24/08 (Quinta-feira) – Espetáculo No Curso do Rio
Local: Teatro Municipal Santos Dumont – Av. Goiás,1111 – São Caetano do Sul
Horário: 9h às 10h

Dia 24/08 (Quinta-feira) – Espetáculo No Curso do Rio
Local: Teatro Municipal Santos Dumont – Av. Goiás,1111 – São Caetano do Sul
Horário: 10h às 11h

Dia 24/08 (Quinta-feira) – Espetáculo No Curso do Rio
Local: Teatro Municipal Santos Dumont – Av. Goiás,1111 – São Caetano do Sul
Horário: 14h às 15h

Print Friendly, PDF & Email

Deixe eu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*