Esportes, Paulistão

São Caetano perde no tempo normal, mas supera Monte Azul nos pênaltis e vai à semi

São Caetano perde no tempo normal, mas supera Monte Azul nos pênaltis e vai à semi
Jogadores do São Caetano comemoram a sofrida classificação às semifinais. Foto: Rodrigo Corsi/FPF

O São Caetano sofreu mais do que o esperado, mas avançou às semifinais da Série A2 do Campeonato Paulista. Depois de vencer por 1 a 0 o jogo de ida das quartas de final contra o Monte Azul, o Azulão precisava do empate no Anacleto Campanella para continuar na briga pelo acesso, mas acabou derrotado por 1 a 0 com gol nos acréscimos do segundo tempo e precisou superar o adversário nos pênaltis para avançar.

O herói da classificação foi o goleiro Luiz Daniel, que defendeu a cobrança de Lucas Cezane e garantiu a vitória do São Caetano por 5 a 4.

Atuando em casa, o Azulão tomou a iniciativa no primeiro tempo e criou boas oportunidades para abrir o placar. Em uma delas, aos 17 minutos, Domingos cruzou da direita e encontrou Alex Reinaldo na esquerda. O lateral chutou rasteiro e obrigou Caio a fazer boa defesa.

Outro momento em que o São Caetano levou perigo ao gol do adversário ocorreu aos 27. Luan Costa dominou a bola no peito, livrou-se da marcação e chutou forte, exigindo outra intervenção do goleiro do Monte Azul.

No início da segunda etapa, o Azulão esteve perto de abrir o placar em finalização de Ronaldo, mas o arqueiro visitante conseguiu evitar novamente o gol ao espalmar a bola para a linha de fundo.

Precisando de um gol para levar a disputa pela vaga aos pênaltis, o Monte Azul pressionou nos minutos finais e foi recompensado com o gol nos acréscimos, após cabeceio de Lucas Cezane.

Ao ser derrotado no tempo normal, o São Caetano voltou a encarar uma decisão por pênaltis depois de quatro anos. Na última vez que decidiu sua continuidade em uma competição nos penais, o Azulão foi superado pela Ferroviária na semifinal da Copa Paulista de 2016.

Desta vez, tudo foi diferente, e o Azulão venceu o seu rival por 5 a 4. Alex Reinaldo, Everton Dias, Gerônimo, Sandoval e Anderson Rosa executaram suas cobranças com perfeição. Pelo lado do Monte Azul, o mesmo Lucas Cezane que havia marcado no tempo normal teve seu pênalti defendido por Luiz Daniel.

SEQUÊNCIA

Enquanto aguarda a conclusão das quartas de final para conhecer seu adversário na próxima fase da Série A2, o Azulão passa agora a dividir suas atenções com a Série D do Campeonato Brasileiro. A equipe do técnico Alexandre Gallo estreia no próximo sábado (19), às 18h, contra o Caxias no Anacleto Campanella.

SÃO CAETANO 0 (5) x 1 (4) MONTE AZUL

Gol: Lucas Cezane, aos 47 minutos do segundo tempo. Árbitro: Marcio Henrique de Gois. Estádio: Anacleto Campanella, em São Caetano.

SÃO CAETANO

Luiz Daniel; Alex Reinaldo, Domingos, Sandoval e Eric Di Maria (Acácio); Everton Dias e Emerson Santos (Guilherme Amorim) e Anderson Rosa; Ronaldo (Renan Dutra), Luan Costa (Gerônimo) e Joel Vinícius (Marcus Vinicius). Técnico: Alexandre Gallo.

MONTE AZUL

Caio; Cleiton, Lucas Cezane, Matheus Santos e Gustavo Ota; Vinícius, Queven (Matheus Prado), Guthierres e Gilsinho (Douglas Pote); Leandro Love (Isaac Prado) e Léo Prado (PH). Técnico: Luciano Dias.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*