Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

São Bernardo transforma trecho da Rua Marechal em calçadão

Orlando Morando vistoriou, nesta sexta-feira, cruzamento onde inicia o calçadão. Foto: Gabriel Inamine/PMSBC
Orlando Morando vistoriou, nesta sexta-feira, cruzamento onde inicia o calçadão. Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

Para proporcionar mais segurança e distanciamento social aos consumidores que vão às compras de Natal, a Prefeitura de São Bernardo interditou neste fim de semana, entre 8h e 19h, trecho da Rua Marechal Deodoro, no Centro, onde concentra maior números de pontos comerciais.

O trajeto que estará fechado à circulação de veículos iniciano cruzamento com a Rua Américo Brasiliense, altura nº 1.680 da Marechal, e vai até o ponto de cruzamento com a Avenida Francisco Prestes Maia, altura do nº 800.

Com a medida, a prefeitura implementou uma espécie de “calçadão” para que os pedestres possam frequentar os pontos comerciais da via. Agentes do Departamento de Trânsito e sinalização auxi­liam motoristas durante o período.

“A Rua Marechal Deodoro é o principal centro comercial do município, por onde circulam muitas pessoas. Esta medida vai promover mais distanciamento e segurança contra a pandemia para as pessoas que vão frequentar o comércio. Vamos monitorar intensamente to­­da a ação. O comerciante precisa trabalhar e este é um período importante”, destacou o prefeito Orlando Morando nesta sexta-feira (11), durante vistoria no ponto onde inicia o calçadão, no cruzamento com a Rua Américo Brasiliense.

FUNCIONAMENTO

As vias de cruzamento entre este trajeto estarão abertas para o trânsito de veículos. A fiscalização permitirá a entrada supervisionada na via interditada para pessoas com deficiência, além de permitir a circulação de moradores. Os serviços de carga e descarga poderão ser realizados em horário restrito, das 7h às 9h. Demais alternativas viárias serão orientadas pelos agentes do Departamento de Trânsito do município.

um comentário

  1. Medida necessária. A aglomeração era muita.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*