Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

São Bernardo se antecipa à decisão do Estado e autoriza reabertura gradual do comércio

São Bernardo se antecipa à decisão do Estado e autoriza reabertura gradual do comércio
Com o decreto, São Bernardo equipara a cidade à Capital, que também autorizou a abertura de concessionárias e comércios. Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo decidiu se antecipar ao governo do Estado e vai iniciar neste sábado (6) a abertura gradual do comércio do município. Decreto publicado nesta sexta-feira (5) pelo prefeito Orlando Morando (PSDB) permite o funcionamento de concessionárias de veículos, lojas de veículos usados e de escritórios em geral (advocacia, contabilidade, engenharia, entre outros).

Essas atividades tiveram, nesta sexta-feira, a permissão para voltar a funcionar na Capital, graças à autorização dada pelo governo do Estado, que classificou a cidade  na Fase 2 (laranja) do Plano São Paulo de reabertura da atividade econômica. O ABC está na Fase 1 (vermelha), que só permite funcionamento de serviços essenciais, mas vive a expectativa de ser reclassificado na próxima quarta-feira.

O decreto foi publicado na esteira de resolução do Consórcio Intermunicipal – que, nesta sexta-feira, após assembleia extraordinária, elaborou documento com normas para o funcionamento de concessionárias e escritórios. Conforme a resolução, cabe a cada município consorciado publicar decreto próprio sobre o tema, seguindo o protocolo sanitário de Vigilância em Saúde local. A expectativa é de que outras prefeituras publiquem decretos similares nesta sexta-feira.

O secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, participou da assembleia e foi comunicado da decisão.

A prefeitura argumenta que abertura gradual obedece todos os quesitos técnicos estipulados pelo Estado, no que tange à oferta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermaria, um dos critérios usados para definir o estágio de cada região no Plano São Paulo de reabertu­ra da economia.

“Estamos respeitando o decreto estadual e o comitê científico. A partir do momento que temos números que nos tranquilizam sob aspecto da capacidade de atendimento, não tem porque aguardar (a autorização do Estado)”, destacou Morando.

O presidente do Consórcio Intermunicipal e prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (Cidadania), alega que o ABC já atende aos critérios para estar na Fase 2 do Plano São Paulo e, por isso, cobra isonomia com a Capital.

“O ABC decidiu seguir a Capital. Por isso pedimos a colaboração dos empresários no cumprimento das normas sanitárias rígidas contra a covid-19, para que não tenhamos de retroceder. Além disso, reforçamos que a população deve ficar em casa, saindo só quando for necessário e com uso de máscaras”, disse Maranhão.

Segundo o decreto, o horário de funcionamento das concessionárias deverá ser das 13h às 17h. Os estabelecimentos deverão limitar o público a 20% da capacidade declarada no Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB); adotar intervalo de 30 minutos entre atendimentos; estimular o home office, sempre que possível, principalmente para mães com filhos pequenos e para pessoas de grupo de risco; garantir o distanciamento de 1,5 metro entre funcionários e clientes, exigir o uso de máscaras pelos funcionários e clientes; e disponibilizar álcool gel 70% em local visível na entrada e saída do estabelecimento.

Outras medidas são a garantia de acesso à pia e lavatório, com insumos para higienização das mãos (água, sabão e toalhas descartáveis), o estabelecimento de protocolo de higienização e limpeza interna dos veículos quando da realização de teste drive e a aferição de temperatura dos clientes por meio de termômetro digital infravermelho na entrada do estabelecimento.

Para os escritórios, as regras básicas seguem o mesmo critério. Contudo, o horário de funcionamento é das 10h às 14h.

Print Friendly, PDF & Email

1 comentário

  1. Sérgio Delabarba

    Essa antecipação será paga com vidas

Deixe eu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*