Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

São Bernardo pretende vacinar 12 mil meninos contra o HPV

Doses são destinadas a garotos entre 12 e 13 anos. Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo pretende vacinar cerca de 12 mil meninos contra o HPV. A partir deste ano, o Sistema Único de Saúde (SUS) passou a disponibilizar doses da vacina para os meninos, entre 12 e 13 anos, além da distribuição gratuita para meninas, que já faz parte do calendário de saúde.

As 35 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade estão abastecidas e prontas para atender à demanda. Basta procurar UBS mais próxima da residência, levando a carteirinha de vacinação e documento de identidade. A vacina deve ser tomada em duas doses, com o intervalo de seis meses.

A inclusão deste tipo de vacina nas demandas das UBSs segue recomendações da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIM) e da Sociedade Brasileira de Pediatria. Em alguns países como Estados Unidos, Austrália, Israel e Porto Rico, este tipo de prevenção masculina também já é acessível.

A doença

HPV é um vírus que atinge a pele e as mucosas, podendo causar verrugas ou lesões percursoras de câncer, como o de colo de útero, garganta ou ânus. O HPV se transmite no contato pele com pele, por isso pode ser considerado uma doença sexualmente transmissível.

Porém, diferentemente das outras DSTs, não é preciso haver troca de fluídos para que a transmissão ocorra: só o contato entre os órgãos genitais, por exemplo, já ocasiona a transmissão do vírus.

Outras formas de transmissão, muito mais raras, são pelo contato com verrugas de pele, compartilhamento de roupas íntimas ou toalhas e, por fim, a transmissão vertical, ou seja, da mãe para o feto, que pode ocorrer durante o parto.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*