Esportes, Futebol, Paulistão

São Bernardo perde do Penapolense, mas gol no fim livra time do rebaixamento

São Bernardo perde do Penapolense, mas gol no fim livra time do rebaixamento
O São Bernardo perdeu no Primeiro de Maio, mas permanece na Série A2. Foto: Divulgação/SBFC

O São Bernardo só precisava vencer o Penapolense na tarde deste sábado (30), no estádio Primeiro de Maio, para escapar do rebaixamento à Série A3 do Campeonato Paulista sem depender de tropeços de rivais. Porém, foi surpreendido pelo CAP dentro de sua casa e perdia por 2 a 0, mas uma combinação de resultados e o gol marcado por Fernando aos 36 minutos do segundo tempo garantiram a permanência do Tigre na A2.

O Tigre encerrou a competição na 14ª e antepenúltima posição com 15 pontos e só foi melhor do que o Nacional, primeiro time dentro da zona do rebaixamento, no saldo de gols (-2 a -3). A outra equipe rebaixada foi o Linense, com 13 pontos.

O jogo foi interropido aos 14 minutos do primeiro tempo para o atendimento ao atleta Jefferson, do Penapolense, que teria sofrido uma fratura na tíbia direita e foi encaminhado a um pronto-socorro em São Bernardo. Como o regulamento impede o prosseguimento do jogo sem ambulância no estádio, a partida só foi reiniciada 32 minutos depois, quando a unidade retornou ao Primeiro de Maio.

O Penapolense, que já era melhor antes da paralisação, abriu o placar aos 54 minutos. Mario Sergio cobrou escanteio, Thiago Passos saiu mal e Raniele, de cabeça, colocou a bola no fundo das redes.

A situação, que já era ruim, ficou pior no final do primeiro tempo. Após cruzamento da direita, Rafael Sayão tocou para o meio e a bola encontrou Matheus Nolasco, que não desperdiçou: 2 a 0.

O placar rebaixaria o São Bernardo, mas ainda restava uma chance. Os demais jogos da rodada haviam terminado e, com as derrotas do Nacional para o Juventus por 3 a 2, no Nicolau Alayon, e do Linense para o Água Santa por 1 a 0, em Lins, o São Bernardo precisaria de um gol para escapar do rebaixamento. Mesmo com uma atuação bastante ruim, o Tigre conseguiu a salvação aos 36 minutos. Após cruzamento da direita, Léo Cereja apareceu na área e cruzou para Fernando chutar para o fundo das redes.

Como o resultado também favorecia o Penapolense, que escaparia da degola com a vitória, as duas equipes abdicaram do ataque e, mais preocupadas em se defender, o jogo ficou morno. Com o apito final do árbitro, atletas de São Bernardo e Penapolense comemoraram a permanência na Série A2.

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*