Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

São Bernardo inicia testagem em massa em profissionais da saúde e da segurança

S.Bernardo inicia testagem em massa em profissionais da saúde e da segurança
Teste utiliza amostra de sangue e fica pronto em até 48 horas. Foto: Omar Matsumoto/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo iniciará, hoje (28), a realização de testes de sorologia para detecção da doença em todos os profissionais da saúde e da segurança, totalizando 10,8 mil pessoas. A medida é fruto de parceria entre a Secretaria da Saúde municipal e a FUABC (Fundação do ABC), responsável pela coleta e análise dos exames, e demandará investimento de R$ 1,5 milhão dos cofres públicos.
Os testes de sorologia utilizam amostra de sangue e ficam pronto em até 48 horas. Por se tratar de um exame para detecção de anticorpos, vai ajudar a diagnosticar pessoas que tiveram infecção pelo coronavírus, mas apresentam pouco ou nenhum sintoma e, também, aquelas que já foram naturalmente imunizadas.

O prefeito Orlando Morando destacou que a realização de exames em todos os profissionais da saúde e da segurança vai ajudar a controlar os funcionários que podem trabalhar e os que devem ficar afastados de suas atividades mesmo que não apresentem sintomas. “Esses trabalhadores estão na linha de frente do combate ao co­vid-19 e, por isso, mais expostos. Nossa preocupação é garantir a segurança dos nossos colaboradores e da nossa população”, afirmou.

“Pesquisas internacionais têm mostrado que o uso de máscaras por toda a população e a testagem de pessoas assintomáticas em grupos prio­ritários, como é o caso dos trabalhadores da saúde e da segurança, podem ser estratégias de controle do Coronavírus. Essa pandemia exige medidas sem precedentes para alcançar sua derrota definitiva”, afirmou secretário de Saúde de São Bernardo, Geraldo Reple.

ETAPAS

A testagem dos profissio­nais será realizada em etapas, começando pelos trabalhadores que atuam na linha de frente de cuidados dos pacientes contaminados, a exemplo do Hospital de Clínicas (HC), Hospital e Pronto Socorro Central (HPSC) e Hospital Municipal Universitário (HMU). Na sequência, serão testados funcionários das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), transporte sanitário e das Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

A testagem de pacientes com sintomas na rede municipal de São Bernardo segue sendo realizada normalmente. Os moradores que apresentarem febre, cansaço, tosse e dificuldade para respirar devem procurar uma unidade de Saúde. Após avaliação médica, caso necessário, a pessoa é submetida à coleta de exame e recebe as orientações médicas necessárias.

Outra medida da Prefeitura de São Bernardo foi a ampliação da quantidade de leitos específicos para tratar pacientes com covid-19 no Hospital de Clínicas (HC). A partir de agora, o equipamento municipal passa a ofertar 90 leitos de enfermaria, sendo 30 novas vagas, além dos 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*