Copa Paulista, Esportes

São Bernardo FC vence Botafogo nos pênaltis e é bicampeão da Copa Paulista

São Bernardo FC vence Botafogo nos pênaltis e é bicampeão da Copa Paulista
Jogadores do São Bernardo FC comemoram o segundo título do clube na temporada. Foto: Divulgação/SBFC

O São Bernardo FC conquistou neste domingo (14) o bicampeonato da Copa Paulista no estádio Primeiro de Maio ao derrotar o Botafogo no tempo normal por 2 a 0, com gols de Rodrigo Souza e Gustavo Ramos, e nos pênaltis por 5 a 4. O Pantera havia vencido o jogo de ida no Santa Cruz por 2 a 0 e, por isso, poderia perder por até um gol no ABC.

Com a taça, o Tigre encerra um ano “perfeito”, que começou no primeiro semestre com o título da Série A2 do Campeonato Paulista e o acesso à elite estadual em 2022 e, agora, a conquista da Copa Paulista e a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

O jogo começou eletrizante. Com um minuto, Rodrigo Souza dominou arremesso lateral na área, fez o pivô e bateu cruzado, no canto direito de Igor Bohn, abrindo o placar para o São Bernardo. O Botafogo respondeu aos dois minutos, mas a finalização de Martineli parou no goleiro Júnior Oliveira.

Aos seis minutos, o Tigre chegou novamente, mas Vitinho finalizou direto para fora. Aos 17 minutos, em belo lance, Rodrigo Souza tentou de bicicleta e a bola passou raspando a trave de Igor Bohn. Aos 37 minutos, foi a vez de o Pantera chegou com perigo, mas o chute de Caetano saiu fraco e a defesa adversária afastou.

Assim como ocorreu no primeiro tempo, o São Bernardo FC balançou as redes logo no início da segunda etapa. Gustavo Ramos, que havia acabado de entrar em campo, saiu na cara do gol, invadiu a área e bateu forte para ampliar o placar e empatar o resultado agregado.

O Botafogo respondeu aos 25 minutos, mas Djalma cabeceou direto para fora. Aos 37 minutos, o Tigre quase fez o terceiro, mas o chute de Diniz saiu à direita do gol de Igor Bohn. Aos 43 minutos, o time da casa assustou novamente, mas a bicicleta de Gustavo Ramos saiu pela linha de fundo.

Nos pênaltis, o Botafogo perdeu a primeira cobrança, com Everson parando no goleiro Júnior Oliveira, e o São Bernardo perdeu a terceira, com Igor Bohn defendendo a tentativa de Matheuzinho. Os demais cobradores converteram suas cobranças.

Nas alternadas, enquanto Giovanni Pavani acertou o ângulo em sua batida e colocou o São Bernardo FC à frente, John Everson carimbou a trave, tornando o Tigre campeão da Copa Paulista pela segunda vez – a primeira conquista ocorreu em 2013.

SÃO BERNARDO FC 2 (5) X 0 (4) BOTAFOGO

Gols: Rodrigo Souza, a 1 minuto do primeiro tempo, e Gustavo Ramos, a 1 minuto da segunda etapa. Árbitro: Thiago Luis Scarascati. Estádio: Primeiro de Maio, em São Bernardo.

SÃO BERNARDO FC

Júnior Oliveira; Eduardo Diniz, Leandro Amaro, Renan Diniz e Pará (Lucas Mota); Rodrigo Souza, Gionnotti (Matheuzinho), Cesinha (Giovanni Pavani) e Vitinho; Romisson (Gustavo Ramos) e João Carlos (Rodrigo Varanda). Técnico: Márcio Zanardi.

BOTAFOGO

Igor Bohn; Rodrigo, Gabriel Tocantins, Diego Guerra e Martineli (Pará); Caetano (Rafael Marques), Emerson e Rafael Tavares (John Everson); Bruno Michel, Ariel (Djalma) e Dudu (Luketa). Técnico: Samuel Dias.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*