Últimas Notícias

São Bernardo entrega 400 óculos a alunos da rede municipal

A Prefeitura de São Bernardo iniciou a entrega gra­tui­ta de 400 óculos de grau a estudantes da rede municipal, nesta segunda-feira (20). Nesta etapa do programa, as crianças estão sendo atendidas na Policlínica do Alvarenga – localizada na Estrada dos Alvarengas, 1.211. O investimento municipal é de aproximadamente R$ 100 mil.

Normalmente, a primeira triagem acontece nas unidades de ensino, por meio do Programa Saúde na Escola (PSE). Porém, com as aulas suspensas, por conta da pandemia de covid-19, os atendimentos foram direcionados para as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e as crianças encaminhadas ao oftalmologista para exames complementares.

“Com a retomada dos atendimentos de especialidades em julho, pudemos dar andamento ao programa. Esta é uma importante ferramenta para contribuir com o ensino de nossas crianças, identificando e corrigindo problemas visuais, que por ventura podem atrapalhar na aprendizagem e na vida escolar dos alunos”, destacou o prefeito Orlando Morando, que acompanhou as primeiras entregas.

De acordo com o secretário de Saúde, Geraldo Reple Sobrinho, o principal objetivo é facilitar o acesso da população escolar à consulta oftalmológica e a utilização de óculos corretivos. “Com esta ação, reduzimos também as taxas de repetência e evasão escolar”, pontuou.

AÇÃO APROVADA

A estudante do 3° ano da EMEB Gomes Cardin, Yasmin de Almeida, já tinha feito o primeiro teste na escola e se queixava de dores de cabeça para a mãe, Maria de Almeida.

“Quando a escola entrou em contato comigo, explicaram que a minha filha poderia precisar de óculos e, assim que as consultas voltaram, me informaram do agendamento. Viemos, passamos no médico e hoje estamos aqui para retirar os óculos, estou muito sa­tisfeita com a atenção e com o tratamento que recebemos”, destacou Maria.

A ação acontece em parceria entre as secretarias de Saúde e de Educação. Profissionais da Atenção Básica realizam triagem dos alunos. Somente no ano passado, o Programa identificou altera­ções suspeitas na visão de 819 crianças da rede municipal, após o exame inicial.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*