Esportes, Futebol, Paulistão

São Bernardo é rebaixado, e Santo André se salva no Paulistão

Giberto comemora, enquanto jogadores do São Bernardo lamentam gol e queda. Foto: Ale Cabral/AGIF/FolhapressO futebol do ABC perdeu um de seus representantes na elite do Campeonato Paulista. O São Bernardo foi derrotado por 1 a 0 pelo São Paulo ontem (29), no Primeiro de Maio, está rebaixado e vai disputar a Série A2 no próximo ano. Melhor sorte teve o Santo André, que venceu o Audax por 2 a 1 de virada em Osasco e se salvou.

É a segunda vez que o Tigre é rebaixado para a Série A2 desde 2011, quando estreou na elite estadual – o primeiro descenso ocorreu naquele mesmo ano e o segundo acesso, na temporada seguinte. Em 2016, o time disputou a A1 pelo quarto ano consecutivo.

O ABC ainda poderá ganhar dois representantes na elite em 2018, já que São Caetano e Água Santa jogam a Série A2 com boas chances de chegar às semifinais – o Azulão é o líder da fase de classificação e o Netuno, terceiro.

Agora, o São Bernardo vai se preparar para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, com es­treia prevista para o fim de semana do dia 21 de maio. O time do ABC está no Grupo A16 com Inter-SC, Novo Hamburgo-RS e J. Malucelli-PR.

Derrota em casa

Como tinha a necessidade de buscar os três pontos, o São Bernardo partiu para o ataque desde o início do jogo. A melhor oportunidade aconteceu aos sete minutos, quando Alyson arriscou e Denis fez a defesa. No rebote, na entrada da área, Geandro acertou belo chute que estourou na trave.

A torcida do São Bernardo compareceu em bom número ao Primeiro de Maio. Cantando durante todo o jogo, os torcedores empurraram o time, que lutou durante os 90 minutos.

O resultado, porém, não foi condizente com o apoio recebido nas arquibancadas. Se sobrou raça, faltou organização e criatividade aos comandados de Sérgio Vieira.

Aos 40 minutos do segundo tempo, veio o golpe de misericórdia: Cícero começou contragolpe e tocou para Wesley, que mandou para Shaylon na direita. O meia chutou, depois Wesley tentou. No segundo rebote do goleiro, Gilberto mandou para o fundo das redes e decretou o rebaixamento do Tigre, que terminou o Estadual na penúltima colocação geral, com dez pontos.

Virada e alívio
O Santo André perdia até os 40 minutos do segundo tempo e parecia condenado ao rebaixamento juntamente com o São Bernardo – Marcus Vinícius abriu o placar para o Audax, cobrando pênalti. Porém, o atacante Henan marcou duas vezes, aos 40 e 44 minutos, e livrou o Ramalhão da degola no ano em que o clube completa 50 anos de fundação.

Vice-campeão paulista no ano passado, o Audax também foi rebaixado.

 

SÃO BERNARDO O X 1 SÃO PAULO

Gol: Gilberto, aos 40 minutos do segundo tempo. Árbitro: Vinicius Gonçalves Araujo. Estádio: Primeiro de Maio, em São Bernardo, ontem à noite.

SÃO BERNARDO

Daniel; Edimar, Anderson Conceição e João Francisco (Willian); Eduardo (Fellipe Mateus); Geandro, Alyson (Rodolfo), Rafael Costa e Walterson; Marcinho e Edno. Técnico: Sergio Vieira.

SÃO PAULO

Denis; Lucão, Lugano e Douglas (Cícero); Araruna, João Schmidt, Wellington (Neilton), Wesley e Junior Tava­res; Shaylon e Chávez (Gil­berto). Técnico: Rogério Ceni.

 

AUDAX 1 X 2 SANTO ANDRÉ

Gols: Marcus Vinícius, aos 25; Henan, aos 40 e aos 44 minutos do segundo tempo. Ár­bitro: Raphael Claus. Estádio: José Li­beratti, em Osasco, ontem à noite.

AUDAX

Felipe Alves; Felipe Rodrigues (Velicka), André Castro e Magal (Léo Cereja); Matheuzinho, Bruno Guimarães, M.Vargas e Léo Artur; Ytalo, Rafinha (Gabriel Leite) e Marcus Vinícius. Técnico: Fernando Diniz.

SANTO ANDRÉ

Zé Carlos (Roberto); Cicinho, Diogo Borges, Leonardo e Paulinho;  Renato, Dudu Vieira, Garré (Serginho) e Fernando Neto (Deivid); Claudinho e Henan. Técnico: Sérgio Soares.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*