Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

São Bernardo conquista R$ 428 mi em investimento de infraestrutura

Morando efetivou assinatura que garantiu aporte junto à Corporação Andina de Fomento (CAF) para requalificação de áreas vulneráveis. Foto: Divulgação/PMSBC
Morando assinou convênio que garantiu aporte junto à Corporação Andina de Fomento (CAF) para requalificação de áreas vulneráveis. Foto: Divulgação/PMSBC

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), assinou esta semana convênio com a Corporação Andina de Fomento (CAF) para garantir recursos para o município no valor de US$ 80 milhões (R$ 428 milhões), que serão utilizados na execução de intervenções de infraestrutura urbana nas áreas de educação, saúde, mobilidade, segurança, saneamento e meio ambiente. A contrapartida da prefeitura será de mais US$ 20 milhões (R$ 107 milhões).

O recurso será utilizado no Programa de Recuperação e Ordenamento Sócio-Ambiental dos Bairros de São Bernardo (Prosabs), que prevê a requalificação completa de áreas vulneráveis do município. Entre as melhorias programadas estão obras de micro e macrodrenagem, mobilidade urbana, acessibilidade, sinalização viária, eficiência energética e arborização até construção de terminais de acesso, recuperação de áreas degradadas e construção de equi­pamentos públicos de saúde, educação e segurança.

“Acredito que a nossa primeira parceria com a CAF tenha dado credibilidade para que o município pudesse continuar avançando nestes processos. Trata-se de um programa de requalificação completo de áreas vulneráveis do município. São Bernardo tem um território de mais de 400 quilômetros quadrados, sendo que metade dele em área de proteção de mananciais. A Represa Billings foi castigada por décadas, com ocupações irregulares, falta de saneamento básico. Hoje temos grande processo em andamento, que vai nos permitir até 2023 universalizar o saneamento em parceria com a Sabesp”, destacou Morando.

Em 2017, a prefeitura assinou com a CAF recursos no valor de US$ 125 milhões, que garantiram o desenvolvimento e conclusão de importantes obras, como o Piscinão do Paço e os quatro viadutos Tereza Delta, Mamãe Clory, Castelo Branco e Praça dos Bombeiros, en­tregues nos últimos dois anos.

“Agora, essa tomada vai nos permitir uma recuperação socioambiental, porque quando você muda a qualidade de vida de um bairro na educação, saúde, segurança, transporte você dá autoestima. É o mais completo programa para mexer com a vida das pessoas. A cidade de São Bernardo vira uma nova página antes do Prosabs e depois do Prosabs”, complementou o prefeito.

SETORES

Na Educação, estão previstas obras em 13 unidades escolares, entre novas construções e melhorias em prédios já existentes para ampliação da demanda na Educação Infantil e Ensino Fundamental dos bairros Montanhão, Pauliceia, Taboão, Botujuru, Independência e Alvarenga.

Na área da Saúde, entre os projetos contemplados estão a construção das Unidades Básicas de Saúde (UBS) Vila São Pedro e Vila União, um Centro de Atendimento Psicossocial (Caps) Álcool e Drogas (AD) e um Caps AD Infanto Juvenil, além de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

O pacote de melhorias estruturais na cidade também inclui intervenções nos canais Galileia, São Pedro, Taboão e Alvarenga Pós Imigrantes.

1 comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*