Esportes, Futebol

Santos vence reservas do Inter, mas sofre gol

Com gols de Copete e Rodrigão, o Santos venceu o Internacional por 2 a 1, ontem (28), na Vila Belmiro, pela rodada de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Com o resultado, a equipe paulista joga por um empate na partida de volta, marcado para o 19, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Por sua vez, o time gaúcho precisa vencer por 1 a 0 para avançar na competição. Caso o clube colorado vença com o mesmo placar de ontem, o classificado será conhecido nas cobranças de pênaltis.

Apesar da vitória, o resultado desagradou o Santos, que enfrentou adversário desfalcado. Na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o técnico Celso Roth poupou vários jogadores que vinham sendo utilizados como titulares, casos de Alex, Aylon, Sasha, Paulão, William e Gustavo Ferrareis.

O Santos não contou com Gustavo Henrique, Ricardo Oliveira e Vitor Bueno, lesionados, além de Jean Mota, que já atuou pelo Fortaleza na competição.

No primeiro tempo, o Santos não conseguiu se encontrar na partida e foi ameaçado duas vezes. Na primeira, Nico Lopez ganhou a disputa com a defesa santista e tentou colocar no canto, mas mandou para fora. A outra chance saiu dos pés de Valdivia, que bateu de fora da área e assustou Vanderlei.

Na etapa complementar, o Santos voltou melhor e marcou dois gols em dez minutos. Aos três, Zeca cruzou da esquerda e Copete desviou para o gol. Sete minutos depois, após linda troca de passes, Victor Ferraz cruzou do lado direito e Rodrigão ampliou.

O Inter diminuiu com belo gol de Seijas, aos 26 minutos. O Santos pressionou em busca do terceiro, mas não conseguiu ampliar.

Copete comemora o primeiro gol santista sobre o Internacional na Vila Belmiro. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Meia Lucas Lima esbraveja após vaia da torcida e vitória com gol perigoso

A O meia Lucas Lima deixou o campo esbravejando após a vitória do Santos por 2 a 1, ontem, na Vila Belmiro, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Parte da torcida santista vaiou o time após o apito final, e o camisa 10 não gostou de ser questionado sobre o assunto.

“Agora é ter tranquilidade. Tomamos o gol, mas saímos com resultado positivo. A gente sempre faz gol fora de casa. A torcida faz o que quer, muitos apoiaram também. Vocês veem da maneira que vocês querem também”, disparou Lucas Lima.

“Erramos o último passe. O Inter veio com marcação forte. É difícil jogar contra eles aqui, mas será difícil jogar contra nós lá também. É sempre ruim tomar gol, mas se fizermos um gol lá embola tudo”, completou.

A torcida vaiou o Santos devido o gol sofrido em casa. A equipe santista abriu 2 a 0 no placar, com Copete e Rodrigão, mas sofreu o gol de Seijas aos 26 minutos do segundo tempo. Com isso, o Inter agora precisa apenas de uma vitória por 1 a 0.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*