Esportes, Futebol

Santos vence o São Paulo e aumenta tabu

Thiago Mendes é desarmado por Renato no clássico. Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos precisou de apenas uma jogada para garantir a vitória sobre o São Paulo por 1 a 0. Sem se preocupar com os 30 mil tricolores no Pacaembu, o alvinegro foi preciso.

A torcida encarou a chuva para ver o São Paulo perder o quinto clássico no ano. Desta vez, até jogou bem e foi superior, mas não aproveitou as oportunidades como o Peixe.

A sorte do São Paulo é que os times que estão atrás na tabela também tropeçaram. Então, a equipe continua na 14ª posição, com 36 pontos, três acima da zona de rebaixamento. O Santos mantém o quarto lugar com 54.

O primeiro tempo teve controle maior do São Paulo, que foi melhor, adiantando seus marcadores para pressionar o Santos na defesa.

O Tricolor explorava o lado esquerdo, com Carlinhos sendo bastante acionado. O ponta, no entanto, deixou a partida por uma lesão muscular, e obrigou Ricardo Gomes a colocar Kelvin pela direita e deslocar Robson para a esquerda.

A única chegada de mais perigo do Santos foi uma cabeçada de Copete longe do gol. O time de Dorival Júnior ficou muito recuado.

O São Paulo chegou a assustar aos 40 minutos, quando Buffarini testou Vanderlei, que mandou para fora. Dois minutos depois, Robson mandou perto da trave direita do goleiro santista. Chavez também teve chance de cabeça.

Tudo o que o São Paulo havia construído no primeiro tempo caiu no primeiro minuto do segundo. Completamente livre, Copete chutou e abriu o placar para o Santos.

Não demorou para a torcida gritar “burro” para Ricardo Gomes, que agiu: desistiu dos três volantes e colocou Cueva no lugar de Wesley.

Apesar de ter marcado o gol, o alvinegro não ameaçou mais. A posse de bola foi do São Paulo, que tentava trabalhar a bola para passar pela defesa adversária.

Gomes foi para o tudo ou nada e colocou o meia Jean Carlos no lugar de Hudson.

Bastante recuado, o Santos tentava novamente os contra-ataques, sem sucesso.

O São Paulo perdeu mais chances, especialmente nos minutos finais, assim como no primeiro tempo. Aos 40 minutos, Chavez, errou a meta. Dois minutos depois, Robson chutou para fora.

Assim, o São Paulo chegou ao quinto jogo sem vitória no Brasileirão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*