Brasileirão, Esportes

Santos e Vasco empatam no Pacaembu em jogo atrasado do Brasileiro

Pedrinho celebra gol mais importante da carreira
O Santos, de Rodrygo, teve atuação apagada no Pacaembu. Foto: Ivan Storti/Santos FC

Santos e Vasco finalmente se enfrentaram pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro e ficaram no empate por 1 a 1 nesta quinta-feira (27), no Pacaembu.

A partida foi remarcada duas vezes pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por conflito de datas envolvendo a Copa do Brasil e a Libertadores, competições das quais participaram as duas equipes.

O volante Diego Pituca abriu o placar para o Santos aos 44 minutos do primeiro tempo, depois de cruzamento da direita do atacante Rodrygo que foi desviado de cabeça pelo uruguaio Carlos Sánchez. Pituca, na pequena área, só teve o trabalho de desviar para o gol.

A equipe vascaína chegou ao empate na etapa final, também em bola alçada na área. Pikachu cruzou na medida para Andrés Rios, que cabeceou desmarcado sem chances de defesa para Vanderlei.

Com o empate, o Santos estaciona em 11º lugar na tabela do Brasileiro, com 33 pontos. O Vasco vai a 29 e continua na 16ª colocação, um acima da zona de rebaixamento.

O duelo no Pacaembu deixou todos os times do Campeonato Brasileiro com o mesmo número de jogos: 26.

Na próxima rodada, o Santos enfrentará o Atlético-PR, no domingo, na Vila Belmiro. O Vasco volta a atuar fora de casa, contra o Paraná, na segunda-feira.

 

SANTOS 1 X 1 VASCO

Gols: Pituca, aos 44 do 1º tempo. Andrés Rios, aos 33 da 2ª etapa. Ár­bi­tro: Wagner Reway (MT). Expulsão: Andrey. Estádio: Pacaembu, em São Paulo, ontem à noite.

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, Robson Bambu, Gustavo Henrique, Dodô; Alison (Daniel Guedes), Carlos Sánchez (Bryan Ruiz), Diego Pituca; Rodrygo, Gabriel, Bruno Henrique (Derlis González). Técnico: Cuca.

VASCO
Martín Silva; Galhardo (Marrony), Luiz Gustavo, Leandro Castan, Henrique; Willian Maranhão, Bruno Cosendey (G. Augusto), Andrey, Fabrício; Pikachu (Henriquez), Ríos. Técnico: Alberto Valentim.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*