Copa do Brasil, Esportes, Futebol

Santos abre as oitavas de final da Copa do Brasil contra o Paysandu

Dorival Junior segue pressionado após a eliminação precoce no Paulistão. Foto: Ivan Storti/Santos FCApós o fiasco no Paulistão, o Santos retorna pela primeira vez à Vila Belmiro para encarar o Paysandu no confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil hoje (26), às 19h30.

A competição é uma das três que o Santos terá de encarar ao longo das próximas semanas. Além do torneio mata-mata, os santistas estão na Copa Libertadores. São os líderes do Grupo 2. No dia 14 de maio, a equipe vai começar o Brasileirão, fora de casa, contra o Fluminense.

Com o calendário recheado, o técnico Dorival Júnior mandou um recado ao elenco e avisou que o planejamento está traçado para tentar levantar as três taças. “É hora do sacrifício. Todas as competições são interessantes e não queremos deixar nenhuma de lado”, afirmou o comandante, que comemorou ontem 55 anos.

Para que consiga se manter nas três frentes, o Santos terá de eliminar o Paysandu. Depois deste duelo, as duas equipes voltam a se enfrentar no dia 10 de maio em Belém.

“Será sempre grande (a pressão), seja por conquistas ou derrotas. Não tivemos competência de chegar à final do Paulista, e os adversários tiveram o merecimento”, lamentou o treinador, que caiu nas quartas de final, diante da Ponte Preta.

“É assim que vamos caminhar. A pressão é alta sempre, nunca abaixa, mesmo ganhando. Você se sente pressionado pelo próximo resultado”, comentou.

Em sua primeira passagem à frente do Santos, Dorival Júnior conquistou a competição em 2010 com um time que tinha Ganso, Neymar e Robinho como estrelas.

De volta ao clube em 2015,  Dorival não conseguiu alcançar sua segunda Copa do Brasil: foi finalista, mas perdeu a taça para o Palmeiras. Na temporada passada, parou nas quartas de final.

 

SANTOS X PAYSANDU

Árbitro: Igor Junio Benevenuto. Estádio: Vila Belmiro, em Santos, às 19h30 (Fox Sports).

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Lucas Veríssimo e Matheus; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

PAYSANDU

Emerson; Ayrton, Perema, Gilvan e Hayner; Wesley e Augusto Recife; Leandro Carvalho, Diogo Oliveira e Bergson; Alfredo. Técnico: Chamusca.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*