Esportes, Paulistão

Santo André perde do Bragantino e sofre 1ª derrota no Paulistão

Santo André perde do Bragantino e sofre 1ª derrota no Paulistão
Claudinho abriu o caminho para a vitória do Bragantino. Foto: Ari Ferreira/RBB

No duelo entre invictos, o Red Bull Bragantino assumiu a liderança do equilibrado Grupo C ao vencer o Santo André, por 2 a 1, neste domingo (14) à noite, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. O time do ABC, após sua primeira derrota, segue com cinco pontos no Grupo A, que tem o Corinthians na liderança, com oito.

A briga no Grupo C, até agora, está equilibrada. O Bragantino lidera com oito, seguido pelo Palmeiras, com sete pontos e melhor saldo do que o Ituano. O último colocado é o Novorizontino, com cinco pontos.

O Red Bull Bragantino iniciou o jogo com muita intensidade, fez seu gol e dominou o adversário. No segundo tempo diminuiu o ritmo, sofreu um gol e até correu riscos de levar o empate.

O Red Bull Bragantino só esperou a bola rolar para impor seu ritmo de jogo, em alta velocidade, com toques de bola e objetividade. Tanto que abriu o placar aos dois minutos. A tabela de Claudinho com Artur não deu certo, mas o inteligente meia aproveitou o seu próprio passe e, dentro da área, chutou cruzado para as redes aos dois minutos.

Ainda pelo lado direito, Weverton apareceu na área e chutou forte para a defesa de Fernando Henrique. Aos 8, Claudinho abriu do lado esquerdo para Helinho que chutou de longe e exigiu outra defesa do goleiro do Santo André.

O árbitro Raphael Claus ainda foi chamado pelo VAR aos 14 minutos, após toque de mão do zagueiro Rodrigo. O árbitro viu o lance, mas manteve sua decisão de que o lance foi involuntário e não marcou o pênalti.

Se não tivesse exagerado no preciosismo, o time da casa poderia ter ido para os vestiários com maior placar. O Santo André voltou com duas mudanças, na tentativa de ficar mais agressivo, mas logo aos quatro minutos saiu o segundo gol do time de Bragança Paulista. A jogada começou pelo lado direito com Weverton, que cruzou rasteiro. A bola quicou e bateu na canela de Ytalo, dentro da pequena área, e entrou no gol.

Aos poucos, porém, o Red Bull Bragantino perdeu a intensidade e deu espaços para o visitante. O Santo André diminuiu aos 26, quando Ramon arrancou pelo lado esquerdo e da linha de fundo rolou para trás. Na pequena área, Fernandinho apareceu para tocar a bola de chapa para as redes. O gol deu ânimo ao visitante que acelerou o jogo e tentou o empate, mas não conseguiu.

Enquanto aguarda uma posição sobre a continuidade do Paulistão, o Red Bull Bragantino vai estrear pela Copa do Brasil diante do Mirassol. O jogo, inicialmente, seria realizado em Mirassol, mas foi remarcado para Varginha (MG), na próxima quinta-feira.

RED BULL BRAGANTINO 2 x 1 SANTO ANDRÉ

Gols: Claudinho, aos 2 minutos do primeiro tempo. Ytalo, aos 4, e Fernandinho, aos 26 minutos da segunda etapa. Árbitro: Raphael Claus. Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

RED BULL BRAGANTINO

Júlio César; Weverton, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Luan Cândido; Raul (Ricardo Ryller), Lucas Evangelista e Claudinho; Artur (Leandrinho), Ytalo (Hurtado) e Helinho (Cuello). Técnico: Maurício Barbieri.

SANTO ANDRÉ

Fernando Henrique; Marcos Martins, Rodrigo, Willian Goiano e Giovanni Palmieri (Bruno Santos); Wesley Fraga (Vitinho), Marino e Gegê (PH); Rone (Fernandinho), Minho e Tiago Marques (Ramon). Técnico: Paulo Roberto Santos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*