Minha Cidade, Santo André, Sua região

Santo André não terá reajuste na tarifa do transporte público

Em Santo André, passagem de ônibus permanece congelada em R$ 4,75 até 2023. Foto: Angelo Baima/PSA
Em Santo André, passagem de ônibus permanece congelada em R$ 4,75 até 2023. Foto: Angelo Baima/PSA

A Prefeitura de Santo André informou, nesta quinta-feira (30), que não vai aplicar reajuste na tarifa do transporte público do município em 2022. Com a medida, o valor da passagem permanece em R$ 4,75 no pró­ximo ano nas linhas gerenciadas pela SATrans. Segundo a prefeitura, não haverá altera­ção em relação às gratuidades e ao Bi­lhete Único Andreense.

“Estamos com um grande investimento na área da mobilidade com a renovação da frota, com a revisão dos itinerários, a instalação de novos abrigos de ônibus e, em 2022, teremos uma modernização ainda maior do transporte sem nenhum aumento de tarifa. Fizemos uma análise com base na sensibilidade social e no momento econômico que vivemos e não há como falar em reajuste agora. Até 2023 a tarifa na nossa cidade está congelada”, destacou o prefeito Paulo Serra.

DIADEMA

A Prefeitura de Diadema publicou decreto no Diário Oficial eletrônico nesta quarta-feira (29) que prevê reajuste das passagens de ônibus para R$ 5,10 a partir do próximo dia 2. Hoje a tarifa custa R$ 4,65.

Para quem utiliza o bilhete eletrônico Cartão SOU+ Diadema não houve aumento da tari­fa e a passagem permanecerá no mesmo valor de R$ 4,25. Já para pagamento com vale-transporte, o valor será de R$ 6.

Em Mauá, quem utilizar o ‘Cartão Sim’ para viagens municipais passará a pagar R$ 4,20 — o preço atual é R$ 4,30. Quem não utilizar o cartão, que pode ser obtido gratuitamente, terá de desembolsar R$ 5 no dinheiro. Segundo a prefeitura, com o desconto de dez centavos por viagem, Mauá passa a ter o valor da passagem com o ‘Cartão Sim’ mais barata da região, ao lado de Rio Grande da Serra. Em Mauá, os novos valores passam a valer a partir de 28 de janeiro de 2022.

São Caetano informou que ainda não vai subir o preço da passagem. Já os usuários do transporte público passarão a pagar mais caro pela passagem em São Bernardo a partir do próximo dia 2. Segundo decreto publicado nesta quarta, a tarifa passará dos atuais R$ 4,75 para R$ 5,10. De acordo com a prefeitura, o reajuste da tari­fa objetiva reequilibrar sistema de transporte, que sofreu impacto do aumento das despesas. A tarifa não tinha reajuste desde 2019.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*