Minha Cidade, Santo André, Sua região

Santo André entrega kit de material; uniforme chega no fim do mês

Serra entregou kit a aluna Rafaela de Moraes Nascimento, que representou todas as crianças da rede municipal. Foto:Júlio Bastos/PSAO prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), deu início hoje (7), primeiro dia de aula na rede municipal de ensino, à distribuição dos kits de material escolar que serão utilizados pelos alunos da cidade neste ano letivo.

Durante a entrega dos kits, Serra anunciou que o uniforme deverá começar a ser entregue no fim do mês e início de março. A distribuição começará pelo kit de verão, e depois haverá a entrega do de inverno, em abril.

Serra entregou os materiais escolares aos alunos da Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Madre Teresa de Calcutá, no Parque João Ramalho, no período da manhã, e na Emeief Sonia Aparecida Marques, na Vila Palmares, à tarde. A ação é ponto de partida para o processo de entrega de 33.029 kits, sendo 31.029 para os alunos do ensino infantil (acima de 3 anos) e da educação fundamental e 2 mil para os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“Estamos celebrando este momento. Infelizmente, porque a entrega de material escolar e de uniforme, que deveria ser obrigação da prefeitura, virou luxo devido à situação financeira difícil que o município atravessa. Porém, estamos aqui hoje, no primeiro dia de aula com o kit para os alunos porque fizemos um grande esforço, com uma gestão focada em enxugamento de gastos, eliminação de desperdício e economia”, ressaltou o prefeito.

Medidas

Segundo Serra, ações como o cancelamento do Carnaval, corte de veículos oficiais e redução no número de cargos comissionados da administração foram algumas medidas que geraram pequena recuperação da prefeitura na capacidade de efetuar pagamentos. “Priorizamos o material escolar e o uniforme, que será entregue em breve” acrescentou.

O material que começou a ser distribuído foi adquirido no ano passado, mas não havia sido entregue pela administração anterior. Parte dele ficou bloqueada, já que a empresa fornecedora Ataka Brasil Com. Serviços, não recebeu pagamento. “Fizemos um acordo com o fornecedor, baixando o valor dos itens que, pela qualidade, acredito que tiveram um dos valores mais baixos do país. O fornecedor entendeu nossa situação e, por isso, estamos conseguindo entregar o kit de material escolar no primeiro dia de aula”, disse Serra. (RL)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*