Arte & Lazer, Roteiro

Samba na Paineira se fortalece como um dos principais quintais do samba na região

Samba na Paineira se fortalece como um dos principais quintais do samba na região
Último evento reuniu quase mil participantes admiradores do gênero musical em Mauá. Foto: Divulgação/PMM

“Não deixe o samba morrer, não deixe o samba acabar”, já dizia os compositores Edson Conceição e Aloísio Silva. É por isso que o projeto Samba na Paineira, um dos principais quintais do samba na região, continua fomentando a cultura de grupos de samba de roda e de raiz em Mauá.

Cartola, Pixinguinha, Noel Rosa, Adoniran Barbosa e tantos outros sambistas têm lugar garantido na homenagem musical. De tão convidativo, cerca de mil pessoas passaram pelo local no último evento, que ocorreu no dia 29 de abril, muitas das quais eram crianças acompanhadas dos pais. Para acolher tanta gente, organizamos barracas de alimentação e artesanato, caixas de som, banheiro, playground infantil e outras facilidades.

Para discutir uma maneira de melhor aproveitar o evento, o prefeito Atila Jacomussi (PSB) reuniu os grupos de samba do município, pensando na possibilidade de ampliar a participação do povo.

“O Samba na Paineira concilia boa música, com alimentação e diversão para toda a família. É entretenimento de qualidade e gratuito. Mauá é uma cidade que pertence ao povo e nós estamos revitalizando ações e espaços públicos para que a cidade, seja de fato, das pessoas”, disse o prefeito.

O próximo Samba na Paineira acontece em junho, com data a ser definida. Ainda assim, todos estão convidados, afinal, como dizia Dorival Caymmi: “Quem não gosta de samba, bom sujeito não é. É ruim da cabeça ou doente do pé”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*