Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Sabep e São Bernardo fecham acordo que vai beneficiar 12 mil munícipes

Silva, gerente regional da Sabesp, e Morando, assinam a parceria. Foto: Ricardo Cassin/PMSBCA Prefeitura de São Bernardo autorizou na noite de ontem (4) a regularização de ligações de água em 3.098 imóveis da cidade, por meio do Programa Água Legal da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). A iniciativa lançada pelo governo do Estado tem como proposta minimizar ligações clandestinas e levar água potável a 25 áreas estratégicas do município, beneficiando 12 mil pessoas. O contrato para execução das intervenções é de R$ 8 milhões.

“Mudamos a relação com a Sabesp. Em seis meses entregamos todas as obras coleta e tratamento de esgotos do Riacho Grande, o governo do Estado já licitou as obras do Pró-Billings, que vai fazer a captação de esgoto de todo o Grande Alvarenga e, além disso, assinamos o programa Pura (Programa de Uso Racional da Água), que prevê a redução de 10% do consumo de água por parte da Prefeitura, que, em contrapartida, ganhará um desconto de 25% no preço da água. É uma economia gigante para o município, além de um programa de sustentabilidade”, destacou Morando.

Serão contempladas pela ação as regiões Núcleo Pereira Barreto, região do km 24 da Rodovia Anchieta, Pedreira, Vila São José (Biquinha), Ferrazópolis, Vila Ferreira, Sônia Maria, Vila Vitória, Nossa Senhora de Fátima, Vila Carminha, Vila São Pedro, Areião, Vila Sabesp, Montanhão, Esmeralda, Jardim Skaf, Cruzeiro do Sul, Monte Sião, Parque Imigrantes, Paranaguá, Estoril, Núcleo Santa Cruz, Poney Club, Rua 28 de Abril e Ilha Luiz Pequini.

O programa

Em todo o Estado, o programa prevê investimentos de R$ 162 milhões, em 160 ligações em áreas informais. A estimativa é que 3,3 bilhões de litros de água deixem de ser desperdiçados a cada mês, após a conclusão das intervenções. “Essa é uma parceria que vai trazer qualidade de vida para as pessoas e é um motivo de orgulho para nós”, enfatizou Jair Manoel da Silva, gerente regional da Sabesp.

um comentário

  1. É necessário.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*