Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

S.Bernardo inicia testagem domiciliar para mapear evolução do coronavírus

S.Bernardo inicia testagem domiciliar para mapear evolução do coronavírus
Morador, escolhido de forma aleatória, realizará teste sorológico para detectar o covid-19. Foto: Ricardo Cassin/PMSBC

Com o objetivo de reforçar as medidas de prevenção e enfrentamento ao Coronavírus, a Prefeitura de São Bernardo deu início ao mapeamento completo a respeito da evolução da doença no município. A primeira etapa da ação consiste na rea­lização de 3.606 testes rápidos para o covid-19 em domicílios e aplicação de questionário a respeito das condições de saúde da população de todos os bairros.

As coletas de exames e de informações dos moradores serão realizadas pelas Equipes de Saúde da Família – que estarão devidamente uniformizadas e identificadas – em todos os territórios da cidade. O morador será escolhido de forma aleatória e submetido a teste sorológico para detectar o coronavírus. Além disso, respon­derá perguntas sobre condições de saúde, fatores de risco e nível de exposição à doença.

“Estamos sempre em busca do aprimoramento das nossas ações. Esse mapeamento vai nos ajudar verificar a incidência do coronavírus nas comunidades e, com isso, buscar novas estratégias de combate à doença. Também será importante ferramenta para nortear o planejamento da administração para a retomada dos serviços”, destacou o prefeito Orlando Morando (PSDB).

PARCERIAS

O inquérito epidemiológico será feito em parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC), responsável pelo estudo qualitativo dos dados coletados por meio da plataforma COVIData, e com a Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), que fará a análise dos testes laboratoriais. O objetivo será não só identificar moradores contaminados ou que já foram expostos ao vírus e criaram anticorpos, como também avaliar o avanço e letalidade da doença, além das condições de isolamento social nos territórios.

“A testagem é importante, porque muitas pessoas podem estar contaminadas e assintomáticas, com risco de espalhar a doença para outros indivíduos”, destacou o secretário de Saúde, Geraldo Reple Sobrinho, ao explicar que, nos casos de munícipes cujos exames derem positivo para o coronavírus, as equipes voltarão à residência para realizar testes nos demais moradores do imóvel.

As equipes de Saúde da Família começaram as visitas pela região do Grande Alvarenga. “Acho importante testar a população. Moro sozinha, evito sair de casa, mas a gente acaba ficando exposto quando precisa ir ao mercado, por exemplo”, afirmou a babá desempregada Judith Álvares Peres, 56 anos, moradora do Jardim Thelma.

MAIS TESTES

Em parceria da prefeitura com o Rotary e empresas privadas, 500 idosos e funcionários de cinco casas de repouso em São Bernardo também foram testados na última terça-feira (2). O material será enviado para análise em laboratório, sem custos para o município.

Print Friendly, PDF & Email

1 comentário

  1. Joel Siviero

    Sou voluntário para fazer o teste

Deixe eu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*