Minha Cidade, Santo André, Sua região

S.André promove multivacinação para crianças e adolescentes

A Secretaria de Saúde de Santo André promoverá, entre os dias 11 e 22 deste mês, a campanha de multivacinação, uma oportunidade para atualizar as vacinas pendentes na caderneta de crianças e adolescentes. Os munícipes poderão procurar as unidades da rede básica de saúde do município durante todo o horário de funcionamento dos equipamentos, de segunda a sexta-feira.

Para os responsáveis que não conseguem levar os menores durante a semana, o Dia D para imunização será no dia 16 (sábado), das 8h às 17h. A meta é resgatar a população não vacinada ou com esquemas incompletos. As coberturas vacinais são importantes para controlar, eliminar ou erradicar as doenças imunopreviníveis no Brasil, como aconteceu com a varíola e a poliomielite.

No Dia D serão vacinadas apenas crianças com menos de 30 dias de idade e adolescentes de até 14 anos, 11 meses e 29 dias. O restante da população poderá procurar as unidades de saúde ao longo do ano. Serão aplicadas doses para a prevenção de Tuberculose (BCG), Rotavírus (Rotavirose), Poliomielite, Pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e Haemophilus influenza tipo B-Hib), Pneumococica 10 valente, Meningocócica conjugada C, Febre Amarela, SCR (sarampo, caxumba e rubéola), Influenza (gripe), Varicela (catapora), Hepatite A, HPV, Dupla Adulto (maiores de 7 anos) e DTPa (difteria, tétano e coqueluche) para gestantes maiores de 9 anos.

Caderneta

É necessário levar a caderneta de vacinação e documento de identificação como certidão de nascimento ou RG. Crianças e adolescentes que tiveram sua caderneta extraviada deverão procurar a unidade onde foram vacinadas para solicitar segunda via. Todas as vacinas passaram por estudo prévio e são indicadas dentro da faixa etária estabelecida pelo Ministério da Saúde. Por este motivo, cada vacina tem sua faixa etária específica.

Há apenas algumas contra indicações como febre ou uso de grande volume de corticoides no dia da vacinação, por conta do risco de perda da efetividade da vacina.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*