Mulher, Serviços

Roda de capoeira feminina em Diadema homenageia Tereza de Benguela

Atividade faz parte das celebrações do Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha, comemorado em 25 de julho. Foto: Igor Andrade/PMD
Atividade faz parte das celebrações do Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha, comemorado em 25 de julho. Foto: Igor Andrade/PMD

O Centro de Formação e Educação Integral (Cefei) da Secretaria de Educação de Diadema realizará, dia 8 de julho, a roda Tereza de Benguela, evento que vai reunir mulheres dos grupos de capoeira da cidade para atividades de musicalidade, treino e uma roda de capoeira só de mulheres. O encontro faz parte das celebrações do Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha, comemorado em 25 de julho.

A data, inclusive, é uma homenagem à Tereza, mulher negra escravizada que século XVIII e comandou o Quilombo do Piolho (ou Quilombo do Quariterê), que chegou a ter mais de 100 moradores, sendo o maior do Estado do Mato Grosso. Tereza de Benguela, cujo país de nascimento é desconhecido, instituiu no quilombo um parlamento, onde periodicamente, os conselheiros tomavam as decisões da comunidade. Era chamada de rainha e não há informação exata sobre como ela morreu.

O evento do dia 8 é a primeira atividade em conjunto realizada pelo Círculo de Cultura e Estudos Identitários do Departamento de Educação Popular da Secretaria de Educação e a Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial de Diadema (Creppir). “É uma atividade exclusiva para mulheres e todas que quiserem participar serão bem-vindas”, afirmou a coordenadora pedagógica do Círculo, Andressa Barbosa.

Coordenadora do Crepir, Marcia Damaceno explicou que será realizada uma roda de conversa para discutir a condição da mulher negra em Diadema, além de debates sobre preconceito, desigualdade e opressão. “Vamos apresentar as políticas públicas que existem para essa população e qual é a realidade vivenciada por todas nós”, completou Marcia.

A Roda Tereza de Benguela será realizada no dia 8 de julho, das 19h às 21 horas, no Centro de Formação e Educação Integral. Rua Manoel da Nóbrega, 155, no Centro de Diadema.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*