Esportes, Futebol

Ricardo Gomes tira Michel Bastos dos planos do S.Paulo

A ausência no treino de quinta-feira (27) custará a Michel Bastos uma vaga no elenco são-paulino. O técnico Ricardo Gomes não foi avisado, considerou que o jogador faltou e vai deixá-lo de escanteio até o final do Campeonato Brasileiro. Segundo Gomes, a cabeça do camisa 7 está bem longe do Morumbi.

Está claro que Michel é hoje moeda de troca. Para não desvalorizá-lo, a direção do São Paulo tentou contornar a situação e afirmou na quinta, sob pressão da torcida – o atleta de 33 anos havia participado de uma mesa de pôquer no dia anterior –, que o meia tinha sido dispensado para resolver problemas pessoais. Marco Aurélio Cunha, diretor-executivo do clube, confirmou o pedido de Michel, mas Ricardo Gomes é taxativo: só não seria falta se alguém lhe avisasse antes.

“Soube que saiu muito cedo do evento de pôquer, não foi isso que o impediu de vir para o treino. Ele errou o horário, foi falta mesmo. Desde que cheguei, estou tentando recuperá-lo. Não só a parte física, a parte técnica. É o psicológico. É bom jogador, desculpou-se e vamos até o fim do ano administrando. Não é pela falta que não será relacionado, é porque não está focado. Ele se esforça, mas as coisas não estão acontecendo”, disse o treinador.

“Ele tinha me comunicado que talvez fosse acompanhar a mulher em uma consulta. No dia, ele me avisou com o treino em andamento. A falta, obviamente, existiu. O Ricardo não pode dizer que o atleta estava presente. Não estava, mas há essa ressalva”, justificou Cunha.

“Se o Michel não está merecendo ser escolhido pelo Ricardo, faremos o balanço no final do ano e vamos ver o que fazer com ele. Restam seis partidas. Ao final delas, interpretaremos tudo o que aconteceu”, acrescentou.

O destino de Michel Bastos pode ser o Cruzeiro, muito em função do interesse do São Paulo em Willian. O problema é que o rótulo de indisciplinado grudou no meia e gera apreensão em Belo Horizonte.

Destino de Michel Bastos em 2017 pode ser o Cruzeiro. Foto: Érico Leonan/SPFC

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*