Arte & Lazer, Cinema

Ricardo Darín é um piloto do Exército que foge durante a ditadura argentina em ‘Kóblic’

Foto: Divulgação

O ator argentino Ricardo Darín é um piloto do Exército que atua durante a ditadura militar argentina (1976- 1983) no filme “Kóblic”, em cartaz nos cinemas. Dirigida e escrita por Sebastián Borensztein, a produção (parceria entre Argentina e Espanha) retrata os chamados “voos da morte”, muito comuns durante os anos de chumbo na Argentina -que consistiam em jogar opositores ao regime militar no rio da Prata, pela porta traseira de um avião.

Após se negar a abrir a porta de uma aeronave durante um voo, Tomás Kóblic (Darín) decide fugir, deixando tudo para trás, inclusive a sua mulher. O militar se refugia, então, na província fictícia de Colonia Elena. Lá, é recebido por um grande amigo, que lhe oferece trabalho como piloto de um pequeno avião agrícola. Mas não demora para que Kóblic desperte a desconfiança do delegado local, Velarde, interpretado pelo ator Oscar Martinez.

Inescrupuloso e violento, Velarde age como se fosse o dono de Colonia Elena e tem o costume de intimidar os moradores (leia mais abaixo). Ao descobrir que o novo “intruso” é um militar, Velarde se sente ameaçado. Assim, o delegado passa a perseguir o piloto, que, em meio a contratempos, envolve-se com Nancy (Inma Cuesta), uma moradora local.

Enquanto tenta recomeçar sua vida, Kóblic é atormentado por pesadelos, que explicam, aos poucos, os motivos que o levaram a estar ali.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*