Esportes, Futebol, Paulistão

Renegados pelo Timão, Lucca e Yago dão a volta por cima na Ponte

Lucca era titular do Corinthians com Tite. Foto: ArquivoTitulares com o técnico Tite no começo de 2016, o zagueiro Yago e o atacante Lucca terminaram a complicada temporada corintiana em baixa no Parque São Jorge. Não demoraram, entretanto, a engatar a volta por cima a partir de um empréstimo – na Ponte Preta, que recebe o Corinthians amanhã (30), no Moisés Lucarelli.

A recuperação do status ocorreu de maneira praticamente imediata em Campinas. Com três treinadores já nesta temporada (Felipe Moreira, João Brigatti e Gílson Kleina), a Ponte teve os ex-corintianos sempre como titulares absolutos. Lucca, com 19 partidas em 2017, é o jogador de linha mais presente nos compromissos da Macaca no ano. Yago, no domingo, alcançará 17 jogos, o que fará dele também o zagueiro mais assíduo do time.

Com mais gols do que todos os atacantes corintianos no Paulista (anotou sete vezes, inclusive contra o Corinthians), Lucca reencontrou seu melhor nível. Os salários dele, de aproximadamente R$ 250 mil mensais, são repartidos entre a equipe de origem e a própria Ponte. Os vencimentos do zagueiro Yago saem dos cofres corintianos de maneira integral.

Pottker

Os empréstimos de Lucca (que tem contrato com o Corinthians até julho de 2019) e Yago (até dezembro de 2019) foram definidos no mesmo período em que os clubes acertaram a transferência do atacante William Pottker, que deveria ser concluída em maio. Entretanto, depois que os dois reforços chegaram ao Moisés Lucarelli, o negócio desandou porque o futuro reforço corintiano foi escalado pela Ponte na Copa do Brasil.

A direção corintiana cancelou o negócio. Posteriormente, Pottker fechou com o Internacional e se tornou um dos principais nomes do Campeonato Paulista – lidera a artilharia da competição com nove gols.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*