Minha Cidade, Santo André, Sua região

Relançado, Programa Banho de Luz vai modernizar 4 mil pontos de luz ainda este ano

Paulo Serra: “o programa foi paralisado por falta de recursos”. Foto: Ricardo Trida/PSAA Prefeitura de Santo André relançou, na tarde de ontem (1º), o programa Banho de Luz. Lançado em 2013, quando o atual prefeito Paulo Serra (PSDB) era secretário de Obras, o programa visa modernizar todo o sistema de iluminação da cidade. A expectativa é que este ano sejam remodelados 4 mil pontos de luz.

A cidade conta com um total de 52 mil pontos de luz, dos quais 12 mil foram modernizados – luminárias de vapor de sódio, que têm baixa eficiência e gastam mais energia, foram trocadas por lâmpadas de LED ou lâmpadas de vapor de metal, mais econômicas e eficientes – entre 2013 e 2015. “O programa foi paralisado por falta de recursos. Com a crise financeira, o fundo de iluminação pública estava sendo destinado para pagar outros débitos, uma medida aprovada por lei, mas que comprometeu a capacidade da prefeitura dar andamento às modernizações”, explicou Serra.

Segundo o prefeito, o montante do fundo foi sendo recomposto nesta gestão, mas nos primeiros meses a administração concentrou esforços em capacitar a equipe e melhorar o sistema operacional. “Por isso, vamos conseguir trocar mil luminárias por mês”, destacou. De todas as lâmpadas da cidade, 40% estão obsoletas.

Em longo prazo, a expectativa é que em 24 meses, 20 mil pontos de luz sejam modernizados. As vias principais receberão lâmpadas de LED, formando os chamados corredores brancos. Em espaços públicos, como entorno de escolas e praças, serão colocadas lâmpadas de vapor metálico, mais modernas que as amarelas de vapor de sódio. Nas vias secundárias dos bairros as lâmpadas de sódio serão mantidas, mas trocadas por unidades mais novas.

Substituição

Das 12 mil luminárias trocadas, 8,5 mil foram substituídas por vapor metálico e 3,5 mil por lâmpadas de LED. O recurso destinado para o programa é de R$ 8 milhões, parte do montante de R$ 51, 9 milhões arrecadados com a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), pagos juntos com a conta de luz. A prefeitura gasta, mensalmente, $15 milhões com a conta de energia elétrica.

A administração montou estrutura própria para os trabalhos de modernização e os chamados para reparos e manutenção são atendidos por uma empresa terceirizada. Em agosto, foram registrados 1.125 chamados. A média sobe em meses com mais chuva.

Os primeiros bairros a serem beneficiados com a modernização serão Vila Curuçá, Parque das Nações, Jardim Santo Antônio, Vila Matarazzo, Jardim Stella, Jardim Oriental, Jardim Cristiane e Jardim Jamaica. O telefone para registros de chamadas e reclamações é o 0800-7742100. O pedido também pode ser feito pelo site da prefeitura.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*