Economia, Notícias

Reforma da Previdência em 2017 já será impressionante, diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou ontem (19) que, se a reforma da Previdência for aprovada no primeiro semestre de 2017, já será algo de “velocidade impressionante”. “Este é um processo gradual. Esperamos que a PEC (do teto de gastos) seja aprovada este ano. E a previdência será um assunto para o primeiro semestre de 2017”, disse o ministro após participar de evento promovido pelo Lide em São Paulo.

Durante palestra a empresários, Meirelles defendeu que aprovação do teto de despesas e a reforma no sistema previdenciário sejam prioridades para o governo. Segundo ele, com as medidas, o superavit nas contas públicas deve vir até 2019.

Reserva e câmbio

O chefe da equipe econômica também afirmou que a manutenção das reservas internacionais em patamares elevados é importante neste momento.

“Um país como o Brasil precisa de reserva para exatamente esses momentos de crise. Com crise política, episódios de corrupção, problemas de toda sorte, tivemos um mercado de câmbio absolutamente tranquilo”, disse.

Hoje, o Brasil possui cerca de US$ 377 bilhões em reservas internacionais, segundo dados do Banco Central. O ministro descartou ainda que o governo vá intervir no câmbio com o objetivo de impedir a volatilidade da moeda.

“O que diminui a volatilidade é a estabilidade da economia. O dólar chegou a R$ 4. Alguns previam que chegaria a R$ 6. Hoje está bem mais estável por causa da evolução política e econômica”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*