Economia, Notícias

Quase 15 milhões deixarão as compras de Natal para última hora

Um total de 14,6 milhões de brasileiros deixaram as compras de Natal para a última hora, segundo pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Uma parte deles (1,8 milhão) esperou o dinheiro da segunda parcela do 13º para comprar o presente. Por lei, o abono deveria ser pago até terça-feira (20) aos trabalhadores.

A segunda parcela tem o desconto do Imposto de Renda, que incide sobre o valor total. Para quem trabalha desde janeiro, o valor é metade do salário. Quem começou a trabalhar depois tem direito ao benefício proporcional.

Entre os que deixaram para a última hora, a maioria (39,2%) espera por promoções. Outros 16,8% só vão receber o salário e outros pagamentos perto do Natal.

Os que contam com a segunda parcela do 13º para fazer compras de última hora somam 12,6% dos pesquisados. Outros 10% foram sinceros: não gostam de comprar e deixam para perto da data, quando não há mais o que fazer.

Especialistas alertam para o risco de gastar mais ao fazer compras correndo. “Quem deixa para a última hora não tem tempo para pesquisar preços ou encontrar opções mais baratos e, consequentemente, gasta mais”, afirmou Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*