Diadema, Política-ABC, Sua região

PT de Diadema terá candidatos a deputado federal e estadual em 2022

Josa Queiroz: “bom momento do PT”; Vitoriano: “dobradinha mostra maturidade política”. Fotos: Divulgação
Josa Queiroz: “bom momento do PT”; Vitoriano: “dobradinha mostra maturidade política”. Fotos: Divulgação

Diadema terá ao menos dois representantes disputando as eleições de 2022 e ambos são do PT. O presidente do Legislativo, Josa Queiroz, disputará vaga na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) e o líder de governo na Casa, Orlando Vitoriano, na Câmara Federal. A informação foi confirmada ao Diário Regional nesta sexta-feira (4).

“Já fechamos internamente no partido e agora vamos partir para consolidar externamente. Depois de qua­se 30 anos Diadema terá dobradinha nas próximas eleições”, afirmou. Nos bastidores circulava que Josa buscaria candidatura a de­putado federal. “Fizemos um estudo do momento e consi­deramos que é melhor meu nome a estadual e o Orlando para fe­deral. É um bom momento para Diadema ter dois represen­tantes na disputa”, afirmou.

Após hiato de oito anos, a cidade elegeu José de Filippi para o comando da prefeitura. A vitória, em 2020, do PT em Diadema e Mauá – com Marcelo Oliveira – quebrou a onda azul que havia se formado no ABC, com a eleição dos prefeitos de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), Santo André, Paulo Serra (PSDB), José Auricchio (PSDB) e Gabriel Maranhão, ex-prefeito de Rio Grande da Serra, que em 2016 estava no PSDB.

Além da volta do partido para o comando da cidade, Josa, em seu terceiro mandato, foi eleito por unanimidade presidente da Câmara e Vitoriano retornou ao Legislativo para o quarto mandato como o mais bem votado em 2020 (5.140 votos).

Em entrevista ao Diário Regional no mês passado, Vitoriano já havia afirmado que seu projeto era buscar vaga na Câmara Federal. “Essa dobrada Vitoriano federal e Josa estadual vem no sentido de fortalecer o governo. Temos vários candidatos de fora, que vêm buscar apoio aqui na cidade, e aí essas candidaturas re­presentam simples gestos de uma emenda ou outra”, afirmou Vitoriano.

Segundo o líder de go­verno, a dobradinha vem, em primeiro ligar, fortalecer a implementação de políticas públicas em Diadema. “Com a influência (de representantes) na Assembleia Legislativa e na Câmara Fe­deral, e envio de emendas significativas para as áreas da saúde e segurança, por exemplo, vamos fortalecer as políticas públicas e, consequen­temente, o governo Filippi e o partido na cidade.”

Vitoriano afirmou que essa dobrada histórica, em 30 anos do partido em Diadema, é uma demonstração de maturidade política entre os integrantes, “já que o PT sai unido, e busca forta­lecer a relação com a população”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*