Artigo, Serviços

Protagonismo da Câmara marca novo tempo da política de São Caetano

O novo tempo na política de São Caetano do Sul começa com as palavras responsabilidade, respeito e austeridade. São 15km2 de histórias, conquistas e muitos prêmios nacionais e internacionais, e nossa cidade inserida no cenário desafiador: sobreviver à crise econômica nacional, enfrentar uma série de erros do passado e, ao mesmo tempo, garantir serviços públicos eficientes à população.

Costumo dizer que, neste contexto, a Câmara de Vereadores é o centro do debate e ideias da gestão de políticas públicas em São Caetano. No meu segundo mandato como vereador, tenho a honra e responsabilidade de chefiar o Legislativo. Presidir esta Casa de Leis é garantir a independência e harmonia entre os poderes, mas, sobretudo, é abrir diálogo com todos os vereadores e, claro, com a sociedade civil organizada. A Câmara sai de coadjuvante no passado recente para protagonizar debates fundamentais para o desenvolvimento de São Caetano.

Nesse primeiro mês na presidência da Câmara, temos liderado o movimento de transparência do Legislativo, com medidas de modernização e agilidade nos atos; congelamos os contratos da Casa; e fizemos agenda com gestores da Educação e da Segurança, a fim de aprimorarmos as ações e políticas nesses segmentos. Além disso, levantamos o recesso, debatemos e aprovamos a mudança da lei nos postos de gasolina, que permitirá a abertura da EMI José Auricchio – a nova escola abrigará cerca de 500 crianças.

O fortalecimento da Comunicação também é uma das prioridades da minha gestão, além da permanente fiscalização dos atos do Executivo, especialmente no tocante às pendências financeiras dos funcionários da Saúde e Educação nesse primeiro mês do novo mandato – incluindo as parcelas do abono dos profissionais da rede de Educação.

Também queremos inovar e já iniciamos os estudos para implantarmos projeto junto a Universidade de São Caetano do Sul (USCS) para qualificação dos colaboradores do Legislativo, pois acredito que seja investimento que retorna em bom atendimento à comunidade. A ideia é estendermos esses cursos em formato de educação a distância para a população, especialmente nas áreas de gestão, políticas públicas e legislação.

Conduzir os destinos da cidade, em harmonia com o Executivo e o Judiciário, liderando o processo do diálogo com todos os atores da gestão do município. É assim que estamos colocando o Legislativo como protagonista nas decisões mais importantes que impactam na vida do cidadão.

 

Pio Mielo (PMDB)

Professor, vereador e presidente da Câmara de São Caetano do Sul

*O artigo acima reflete as opiniões do autor, e não do Diário Regional. A responsabilidade sob os conceitos e ou opiniões emitidos é exclusivamente do autor.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*