Diadema, Minha Cidade, Sua região

Projeto social quer promover arte e cultura em Diadema

Durante evento de lançamento do Rede Mover foram realizados 60 atendimentos. Foto: DivulgaçãoFoi lançado na tarde de sábado (15), na Travessa Jurupis, no bairro Serraria, em Diadema, o projeto social Rede Mover. A iniciativa é da gerente de mar­keting Quelli Cristina da Silva, também moradora da cidade, e que há cinco anos trazia no coração o desejo de fazer a diferença para crianças e adolescentes da comunidade localizada próxima à igreja que frequenta.

Com experiência em atividades voluntárias em diversos lugares, Quelli reuniu pessoas que tinham o mesmo propósito e planejou por seis meses o lançamento do projeto. A ideia é oferecer aulas gratuitas de teatro, violão, balé; teclado, bateria e inglês, para as crianças e adolescentes da região. “Nosso principal objetivo é oferecer arte e cultura para elas. Neste momento, de formação de caráter, é importante que tenham outra opção que não seja apenas ficar na rua”, destacou Quelli.

As grades de aulas, que serão ministradas na sede da associação de bairro, está sendo finalizada. Até agora estão inscritas 50 pessoas. A capacidade de atendimento será para até 150 alunos. “Tenho bastante critério na seleção dos professores e das pessoas que têm se oferecido para me ajudar, porque não quero contar com alguém que vá desistir na primeira dificuldade”, afirmou a gerente.

A dona de casa Evânia Pereira dos Santos é mãe de uma das primeiras alunas inscritas no projeto, Geovana Pereira Lima Santos, de 11 anos. A garota está viajando com um parente de férias, mas para sua mãe, as aulas serão uma oportunidade de melhorar. “Vai ser muito bom ela se ocupar com outras coisas, além da escola e da igreja”, afirmou.

Aprendizado

Uma das professoras voluntárias do projeto é a analista de suporte de informática Mayara de Paula Ferreria. Aos 23 anos, e fazendo cursos de teatro desde os 7, a jovem vai dividir com os novos alunos seus conhecimentos em artes dramáticas. “Já sou a responsável pelo grupo de teatro da igreja, então, tenho a bagagem necessária”, declarou. “Poder ensinar algo que faz parte de mim e, principalmente, também poder aprender e crescer com os alunos é o que mais está me motivando”, completou.

A professora de Educação Física e moradora do bairro Aline Nery Ferreira vai dar aulas de balé clássico e contemporâneo. “Já dei aula em projetos da prefeitura, mas é a primeira vez que atuo em um projeto social. Minha expectativa é muito alta para poder fazer a diferença na vida dessas crianças”, declarou.
No evento de lançamento, além de apresentar a equipe que fará parte do projeto, foram realizados atendimentos gratuitos como corte de cabelo e aferição de pressão. Ao todo, foram atendidas 60 pessoas. A enfermeira e professora da Escola de Saúde e Administração (ESSA), Maria José Moura, destacou que atividades como essa são importantes para atender um público que muitas vezes não procura serviços de saúde.

“É muito comum a pessoa ter a pressão alta e nem saber. Medindo e tendo um aconselhamento, aumentam as chances dela procurar uma UBS (unidade básica de saúde)”, salientou.
Inscrições e outras informações sobre os cursos podem ser obtidas na sede da associação de moradores, que fica na Rua Juruna, 196, bairro Serraria. Também pela página do projeto, facebook.com/redemover ou pelo telefone 99222-4531.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*