Diadema, Minha Cidade, Sua região

Projeto social leva 40 jovens para Campeonato Mundial de Ju-Jitsu

Integrantes da Lutar pelo Futuro conquistaram 34 medalhas. Foto: Divulgação

A Associação Lutar pelo Futuro, que atende cerca de 300 crianças e jovens de Diadema incentivando a prática do esporte e das artes marciais, levou 40 integrantes para o 2º Campeonato Mundial Morganti JuJitsu, realizado em Salvador nos dias 8 e 9 deste mês.

Participando do campeonato pelo segundo ano, os integrantes da Lutar pelo Futuro conquistaram 34 medalhas, das quais, 13 de ouro, e um prêmio de Atleta Revelação Feminina. Os atletas de Diadema disputaram provas com esportistas da Alemanha, África do Sul, Itália; Canadá, Argentina, Chile; e de mais nove estados brasileiros.

Projeto

A Lutar pelo Futuro atua há nove anos em Diadema, contando hoje com cinco núcleos, seis instrutores contratados e três professores voluntários. A ampliação do projeto foi possível graças ao patrocínio das empresas Brasmetal, Braskem, Elma e Supertrans, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Estado de São Paulo obtido este ano. No último 6, a Associação Lutar pelo Futuro teve mais uma conquista: a Câmara de Diadema aprovou projeto de lei que concede o título de Utilidade Pública Municipal.

Morganti Ju-Jitsu

O Morganti é um estilo brasileiro de Ju-Jitsu, que vem conquistando novos adeptos por atingir os três estágios da luta. Na Lutar pelo Futuro essa modalidade permite que os alunos aprendam toda a disciplina característica das artes marciais, contribuindo para o desenvolvimento pessoal e familiar das crianças e também para o profissional dos jovens atendidos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*