Política-ABC, São Caetano do Sul, Sua região

Processo movido por Paulo Pinheiro contra Auricchio será julgado pelo TSE

Auricchio: “os perdedores vão continuar chorando porque a eleição é daqui a quatro anos”. Foto: Eberly LaurindoO ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Henrique Neves da Silva encaminhou processo movido pelo atual prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), contra o prefeito eleito, José Auricchio Junior (PSDB), para julgamento em plenário da Corte.

O peemedebista argumenta que o adversário no pleito municipal estaria inelegível devido à reprovação de contratos firmados em sua gestão pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A audiência acontece após o próprio ministro emitir voto favorável ao tucano. Auricchio já obteve êxito em relação ao processo em duas instâncias anteriores.

“(O ministro) deu um voto monocrático. De forma natural, o agravo foi respondido por ele e levado ao plenário. O voto dele está relatado. O que vai fazer é dar mais uma vitória no pleno do TSE. Já ganhamos em São Caetano, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e vamos ganhar de novo. Os perdedores vão continuar chorando porque a eleição é daqui a quatro anos”, comentou o prefeito eleito em outubro, com 35% dos votos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*