Editorias, Notícias, Política

Temer diz que o Tribunal Superior Eleitoral decidiu de modo ‘independente’ após amplo debate

Temer: “houve amplo debate e prevaleceu a justiça de forma plena e absoluta. Foto: Marcos Corrêa/PREm nota oficial, o peemedebista ressaltou que prevaleceu a justiça de maneira “plena” e “absoluta” e afirmou que o resultado é um sinal de que as instituições brasileiras continuam a “garantir o bom funcionamento da democracia brasileira”.

“Houve amplo debate e prevaleceu a justiça de forma plena e absoluta. O Poder Judiciário se manifestou de modo independente”, disse.

O presidente ressaltou que que seguirá atuando em parceria com o Congresso Nacional para que o país “retorne ao caminho do desenvolvimento e do crescimento”.

A Corte Eleitoral absolveu nesta sexta-feira (9) o presidente no processo de cassação da chapa formada por ele e Dilma Rousseff nas eleições de 2014.

O placar foi de 4 votos a 3 contra a cassação no processo aberto a pedido do PSDB, derrotado na disputa presidencial de 2014. Com o resultado do julgamento, o presidente se mantém no cargo.

A expectativa de absolvição foi sendo construída desde a semana passada. Aliado de primeira ordem do presidente, o ministro Gilmar Mendes era considerado pelo governo peça-chave no julgamento por conta da articulação que tem diante dos outros ministros.

Para o Palácio do Planalto, mesmo com a crise política que acometeu Temer após a divulgação dos detalhes da delação da JBS, a temperatura no TSE era “favorável”.

Apesar do longo voto do relator Herman Benjamin, que apresentou dados e o que chamou de uma “lógica de raciocínio” para provar que houve abuso de poder político e econômico da chapa, a maioria pela absolvição já estava clara desde quinta-feira (8).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*