Minha Cidade, Regional, Sua região

Prefeituras do ABC anunciam medidas contra pandemia

Prefeituras da região anunciam medidas contra pandemia
Auricchio e a secretária de Saúde Regina Maura, durante live: “A epidemia vai ocorrer, certamente. O que queremos é diluir o número de casos ao longo do tempo”. Foto: Reprodução/Facebook

Seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e o protocolo do governo do Estado, as prefeituras do ABC anunciaram, ontem (16), medidas restritivas pa­ra impedir o alastramento rá­­pido das infecções pelo co­ronavírus. Até ontem, cin­co moradores da região tes­ta­ram positivo pa­ra o Co­vid-19, segundo ba­­lan­ço di­vul­ga­do pela Secre­ta­ria de Estado da Saúde.

Entre as ações figuram a suspensão gradual das aulas nas redes municipais de ensino, com comparecimento fa­­cultativo desde ontem (16) e suspensão geral a partir da próxima semana. As prefeituras também anunciaram a suspensão de atividades voltadas aos idosos.

As administrações municipais determinaram ain­da que servidores públicos com idade a partir de 60 anos, gestantes, portadores de doenças crônicas e imunossupressoras serão afastados das suas funções, sem prejuízo da remuneração.

As prefeituras de Santo André, Mauá e São Bernar­do anunciaram ainda o can­celamento de férias e li­cen­ças de servidores munici­pais pertencentes à área da Saú­de, com o objetivo de fortalecer o funcionamento e atendimento da rede municipal e auxílio no enfrentamento do coronavírus.

Outra determinação comum é a suspensão de todos os eventos promovidos pelas prefeituras.

“A epidemia vai ocorrer, certamente. O que queremos é suavizar a curva epidêmica e diluir o número de casos ao longo do tempo. Se houver um pico de casos como o da China e da Itália, o Brasil terá grande dificuldade de atender todos aqueles que vão precisar de internação hospitalar e em Unidade de Terapia Intensiva”, explicou o prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB).

“O que queremos é evitar o colapso no sistema público de Saúde”, prosseguiu.

“A situação é grave, e nos­sa equipe de trabalho está mobilizada para possi­bilitar todos os mecanismos possíveis”, destacou o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB).

UNIVERSIDADES

Em notas, a Universidade Municipal de São Caetano (USCS) e a Universidade Fe­de­ral de São Paulo (Unifesp) anun­ciaram a suspensão das atividades acadêmicas devido ao Covid-19.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*