Diadema, Minha Cidade, Sua região

Prefeitura entrega do Cartão Merenda Diadema

Atualizado às 22h

A Prefeitura de Diadema deu início nesta sexta-feira (30) à entrega do Cartão Merenda, lançado como alternativa às cestas básicas entregues anteriormente, visando facilitar a vida do estudante durante a ausência de aulas presenciais. O lançamento oficial da iniciativa contou com a presença do prefeito José de Filippi Júnior, que acompanhou a entrega dos cartões nas escolas Chico Mendes e Tarsila do Amaral.

Todos os estudantes que fizeram cadastramento vão receber o benefício em suas unidades de ensino por meio de escala – a ideia é evitar qualquer tipo de aglomeração e manter o trabalho seguindo à risca as orien­tações sanitárias.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, todos os alunos e alunas da Rede Municipal já foram avisados sobre a entrega do cartão, e qualquer situação fora da normalidade poderá ser resolvida também nas próprias escolas.

O Cartão Merenda Diadema terá o valor de R$ 50, refe­rente ao mês de abril, e poderá ser usado, inicialmente, em 50 estabelecimentos comerciais da cidade. Os próximos pagamentos acontecerão sempre dentro do mês vigente.

A secretária Municipal de Educação, Ana Lúcia Sanches, comemorou o início da entrega dos cartões diante de cenário social tão alarmante com a pandemia. “As famílias estão bastante contentes com mais este benefício oferecido pela administração municipal num momento em que a fome tem se tornado cada vez mais preocupante. Não há como pensar em educação sem pensar na segurança nutricional de cada estudante, porque a vida depende do direito básico em primeiro lugar”, disse.

Janice Alves dos Santos foi uma das primeiras a chegar na Escola de Educação Básica Chico Mendes. Com os três filhos matriculados na unidade de ensino, Janice receberá R$ 50 para cada um deles continuar a ter o direito à alimentação assegurado. “Com a cesta, a gente não tinha escolha sobre o que comprar e muitas vezes acabava guardando coisas que quase não usava. Com esse dinheiro, vou poder ir no mercado e usar o cartão com aquilo que realmente preciso”, disse.

Tayane Gabrielle Valentim Botelho, que tem três dos seus quatro filhos estudando em escolas municipais, disse que a chegada do cartão, sobretudo em um momento em que a fome está sempre à espreita, terá bastante utilidade nas contas de casa. “Saindo daqui, quero ir no mercado e comprar mistura para os meus filhos.”

ESTABELECIMENTOS

Uma das justificativas para a criação do Cartão, segundo a prefeitura, está relacionada à economia. Como pode ser usado no comércio local, a tendência é que haja aumento no faturamento dos estabelecimentos, já que serão 33.500 novos clientes em potencial. Os comerciantes que quiserem cadastrar seus negócios devem acessar o endereço eletrônico https://www.upbrasil.com/fazer-cadastro/ e preencher um formulário simples.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*