Diadema, Minha Cidade, Sua região

Prefeitura inaugura Diadema Resolve para solucionar quitação de dívidas

Local conta com sete salas para realização de sessões de conciliação para pagamento de dívidas que hoje se encontram em cobrança junto à prefeitura. Foto: Thiago Benedetti/PMD

 A Prefeitura de Diadema inaugurou, na manhã desta quinta (31), a unidade do Diadema Resolve, na Rua Amélia Eugênia 488 – Chácara Húngara – Centro, em frente ao Poupatempo/Central de Atendimento.

O local conta com sete salas para realização de sessões de conciliação para pagamento de dívidas que hoje se encontram em cobrança junto à prefeitura. “O objetivo é buscar a solução dos débitos e evitar situações de litígio”, destacou o prefeito Lauro Michels (PV).

“O Diadema Resolve será muito importante, pois a negociação para quitar os débitos fará com que o município obtenha mais receitas para investir em saúde, educação, na estrutura física da cidade”, complementou.

Para o próximo ano, das sete salas, três serão utilizadas pelo Cejusc (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania – órgão subordinado ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, especializado em atendimento ao público para a solução consensual de conflitos e orientação de questões relativas aos serviços da prefeitura, inclusive a cobrança de débitos em dívida ativa.

“O Diadema Resolve é resultado da integração entre as Secretarias de Assuntos Jurídicos e Finanças. Ele contribui para a solução das dívidas entre contribuinte e Judiciário, promove agilidade na cobrança e evita o surgimento de novos processos para serem julgados no Poder Judiciário”, destacou o secretário de Assuntos Jurídicos de Diadema, Fernando Machado.

Diadema Resolve

O novo serviço conta com 20 funcionários, além de seis estagiários, para auxiliar o contribuinte a resolver suas dívidas. Hoje Diadema conta com 100 mil processos de cobrança. A implementação do serviço permitirá a solução de 2 mil processos por semana, com o estabelecimento de acordos para pagamento e retirada do nome do cadastro de cobrança da prefeitura.

3 CComentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*