Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Prefeitura de São Bernardo renova contrato com a Sabesp por 40 anos

S.Bernardo renova contrato com a Sabesp por 40 anos
Morando: “hoje não teríamos condições, por parte do município, de fazer um investimento do porte que a Sabesp fará em São Bernardo”. Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo e a Sabesp renovaram ontem (31) contrato de prestação de serviços que prevê investimentos por parte da estatal de R$ 1,746 bilhão no período de 40 anos. A companhia presta serviços ao município desde 2003. Com a renovação do contrato, serão destinados R$ 600 milhões ao abastecimento de água e outros R$ 867 milhões para coleta e tratamento de esgoto, além de R$ 278 milhões em bens de uso geral e renovação de ativos. Os recursos vão beneficiar diretamente os 805,8 mil habitantes do município.

Dos investimentos previstos, cerca de R$ 300 milhões já estão sendo empenhados na troca da rede de água instalada na região Central da cidade, beneficiando moradores nos bairros Taboão e Rudge Ramos. Outro programa incluído no convênio é o Pró-Bil­lings, que vai reduzir em 700 me­tros cúbicos o volume de materiais despejados mensalmente na represa, permitindo a coleta e o tratamento de 100% do esgoto produzido no Grande Alvarenga até 2020. Atualmente, duas fases do projeto estão sendo executadas.

Durante coletiva de imprensa, ao lado do governador João Doria (PSDB), o prefeito Orlando Morando (PSDB) destacou a importância do investimento para São Bernardo. “Hoje não teríamos condições, por parte do município, de fazer um investimento do porte que a Sabesp fará em São Bernardo. Mais de R$1 bi­lhão será investido”, afirmou.

O prefeito ressaltou, ainda, a rea­lização do programa Pró-Bil­lings, por meio do qual a Sabesp está coletando e tratando o esgoto de mais de 250 mil pessoas. “Além disso, (a Sabesp) está realizando a troca da rede. Investindo em infraestrutura. Então, é muito importante esta concessão. Quem ganha com isso é o saneamento básico de São Bernardo e do Estado de São Paulo”, afirmou o Orlando Morando.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*