Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Prefeitura de São Bernardo inicia estudo para melhorias no acolhimento à população de rua

Morando vistoriou o Centro de Acolhimento: “nossa intenção é melhorar ainda mais a estrutura”. Foto: Gabriel Inamine/PMSBC Com objetivo de qualificar o processo de reintegração da população de rua à sociedade, a Prefeitura de São Bernardo iniciará nesta semana os estudos para construção de novo espaço voltado à oferta de serviço de acolhida da cidade, hoje concentrado no Centro de Acolhimento a Adultos e Famílias, na região da Vila Scopel. A medida baseia-se na transferência da atual estrutura para um local mais adequado e moderno, atendendo à diretriz do Ministério do Desenvolvimento Social.

Situado na rua Tapajó, nº 10, o atual centro de acolhimento disponibiliza 150 acomodações, sendo 130 masculinas e 20 femininas, além da oferta diária de quatro refeições completas, serviços de Saúde e espaço de convivência com atividades em grupo. A acolhida noturna é aberta a partir das 17h e vai até às 7h da manhã. Durante o dia, o serviço funciona das 7h às 16h30.

“O atual serviço de acolhimento presta um bom atendimento. Porém, a nossa intenção é melhorar ainda mais a estrutura oferecida, por meio da descentralização. Para isso, estamos buscando, por meio de parceria da iniciativa privada, ajuda para construir um novo serviço de acolhimento, mais moderno e humano”, destacou o prefeito Orlando Morando (PSDB), durante vistoria realizada nesta segunda (10).

A inspeção ao local também foi acompanhada pelo secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Mauricio Soares, pelo adjunto da pasta, Carlos Romero, além de outros funcionários da secretaria. “A melhoria no acolhimento é fundamental e esta gestão tem buscado esforços para isto. O nosso trabalho é por tirar cada vez mais este público das ruas e, para isso, vamos avançar em estrutura”, comentou Mauricio Soares.

Atuação social

Além de um novo espaço de acolhimento adequado, a Prefeitura de São Bernardo tem desenvolvido outras ações para reinserir a população de rua à sociedade. O carro-chefe da Administração voltado ao público é o programa Emprego Cidadão, que permite a recolocação profissional de pessoas em situação de rua. Paralelamente a esta iniciativa, a nova gestão também lançou a operação Cobertor que Salva, que intensifica as abordagens e encaminhamento a abrigos durante período de inverno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*