Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Prefeitura de São Bernardo e Sindserv estreitam diálogo para valorizar funcionalismo

Durante a reunião foi definida a formação de comissões permanentes por parte da administração e pelo sindicato. Foto: Gabriel Inamine/PMSBCO prefeito de São Bernardo recebeu, nesta quinta-feira (2), a nova direção do Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos) e iniciou diálogo para estabelecer uma política de valorização ao funcionalismo da cidade.

O encontro foi realizado no gabinete de Morando, que esteve na companhia do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, o titular da Administração, Pedro Pinheiro, e o chefe de Assuntos Jurídicos, Carlos Maciel. O Sindserv esteve representado pelo seu presidente, José Rubem Nascimento Lopes, e demais integrantes do corpo diretivo da categoria, que foram eleitos em dezembro.

Na pauta, foi definida a formação de comissões permanentes por parte da administração e pelo sindicato, cujo propósito é a discussão frequente de propostas para o funcionalismo. Outro tema do encontro foi a atual situação financeira do município. O chefe do Executivo destacou os problemas herdados pela antiga gestão (dívida na ordem de R$ 200 milhões) que impactam na viabilização de muitos planos.

“Reconheço esta diretoria do Sindserv. Fizemos esta primeira reunião em que a pauta foi instituir dois paritários de cada lado para manter uma mesa de comissão permanente, visando à melhora da qualidade de trabalho dos funcionários públicos. Esclarecemos a eles as dificuldades da atual situação financeira da prefeitura, especialmente com reposição salarial. Mostrei o fluxo financeiro, com total transparência. Esta Mesa tem como objetivo aprimorar e diminuir a distância entre administração e funcionalismo público. Não estamos em lados opostos”, destacou Morando.

Na semana que vem será publicado, no Diário Oficial do município, a nomeação de dois grupos representantes de cada lado (Prefeitura e Sindserv), que passarão a debater os assuntos relacionados à categoria. Em cada encontro, será definido uma ata.

“Ficamos surpresos com a abertura do governo para este diálogo. E o nosso objetivo é garantir que os funcionários consigam ter as melhores condições de trabalho”, comentou José Rubem.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*