São Bernardo do Campo, Sua região

Prefeitura de São Bernardo dá início às obras do corredor Castelo Branco

Prefeitura dá início às obras do corredor Castelo Branco
Morando deu início às obras: “ganho principal será na organização do fluxo”. Foto: Omar Matsumoto/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo autorizou, nesta quinta-feira (8), o início das obras de construção do corredor da Avenida Humberto Alencar Castelo Branco, no bairro Alves Dias. O projeto integra pacote de quatro corredores, que totalizarão 19 quilômetros de faixas exclusivas, com investimento de cerca de R$ 147 milhões, por meio de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), além de terminal de ônibus no bairro Batistini.

Situado entre o Terminal Metropolitano Piraporinha e a Praça Giovanni Breda, no bairro Assunção, o corredor da Castelo Branco terá extensão aproximada de 4,25 quilômetros e as paradas de ônibus: Piraporinha, Fibam, Rosa Aizemberg, Joaquim Gonçalves Ledo, Dona Maria I, Costa Rica e Egito. O prazo de conclusão da obra é março de 2020, com investimento de R$ 30,7 milhões.

“O ganho principal será na organização do fluxo, com priorização do transporte coletivo, e na redução de acidentes, por meio da separação de faixas para carros e para ônibus, sem o canteiro central. Esta é uma região de grande adensamento e elevado número de indústrias e quem mais sofre com isso é o usuário do transporte público. Estamos corrigindo essa falha de planejamento”, destacou o prefeito Orlando Morando (PSDB).

O projeto também prevê maior regularidade no cumprimento dos horários programados dos ônibus, racionalização das linhas, aumento na velocidade média dos veículos de transporte coletivo e, consequentemente, redução no tempo das viagens. “Esta é uma das obras mais importantes nessa fase de projetos ligados à mobilidade urbana, por seu tamanho e localização. Ao final da obra, tenho certeza que teremos uma via requalificada, que atenderá muito melhor à população”, afirmou o secretário de Transportes e Vias Públicas, Delson José Amador.

Viaduto

Em janeiro deste ano, a prefeitura deu início à construção do viaduto Castelo Branco, que fará interligação com a Avenida José Odorizzi, que faz parte do Corredor Leste-Oeste, com investimento de R$ 36 milhões.

O plano é construir aproximadamente 250 metros de extensão em cada uma das duas pistas da Avenida Humberto de Alencar Castelo Branco, com a Estrada Samuel Aizemberg, e destino à Avenida José Odorizzi. A previsão de conclusão do viaduto é agosto deste ano.

Outros corredores

Ao todo, o Programa de Transporte Urbano de São Bernardo prevê a edificação de mais três corredores na cidade, com custos e execuções independentes: corredor São Pedro (seis quilômetros), com custo de R$ 48,9 milhões; corredor Rotary (2,4 quilômetros) com custo de R$ 16,2 milhões; e corredor Galvão Bueno (6,3 quilômetros), com custo de R$ 16,3 milhões. Já o terminal Batistini está orçado em R$ 22,9 milhões

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*