Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Prefeitura de São Bernardo confirma entrega do Teatro Elis Regina para fevereiro

S.Bernardo confirma entrega do Teatro Elis Regina para fevereiro
Orlando Morando vistoriou nesta segunda as obras do teatro, que estão 25% executadas. Foto: Omar Matsumoto/PMSBC

Referência cultural em São Bernardo, o Teatro Elis Regina passa por completa revitalização desde o final de junho deste ano. A previsão de entrega é para fevereiro de 2020.

O espaço foi vistoriado na manhã desta segunda-feira (9) pelo prefeito Orlando Morando (PSDB), juntamente com os secretários Luciano Eber (Obras e Planejamento Estratégico) e Adalberto Guazzelli (Cultura e Juventude), e pôde conferir o rápido andamento das obras, com 25% de execução.

“É muito bom ver um espaço tão importante para o bairro Assunção e nossa cidade literalmente renascer das cinzas. Ainda me lembro da difícil decisão que tivemos de tomar no início desta gestão de interditar o local. Entregaremos um teatro totalmente remodelado, bonito, confortável e seguro para a população de São Bernardo”, destacou Orlando Morando.

Com investimento de R$ 1,6 milhão por parte da prefeitura, e com área de 874,27m², o teatro irá ganhar mais 81,20m² de ampliação com as obras, bem como as seguintes intervenções: reforma geral em todos espaços com troca de revestimentos, forros e paredes, inclusive acústicos; troca de todas as instalações elétricas e hidráulicas; novo sistema de ar condicionado; novas cadeiras; acessibilidade nas áreas interna e externa; reforma da cobertura; adequação dos acessos externos; bem como a cons­trução de novos camarins.

REFERÊNCIA

Inaugurado na década de 1980 e referência cultural na região, o espaço foi interditado pela prefeitura em janeiro de 2017, devido ao seu uso intenso e com ausência de serviços de manutenção nos últimos 20 anos. Além do teatro, o espaço conta com uma bi­blioteca e uma brinquedoteca, além de ser vizinha de uma unidade do Atende Bem.

Depois da interdição, em 2017, o prefeito buscou recursos federais para a reforma. Morando esteve três vezes em Brasília para solicitar verba visando à recuperação do teatro, mas não foi atendido. Segundo a administração municipal, a reforma foi possível devido ao contingenciamento financeiro realizado pelo go­verno.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*