Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Prefeitura de São Bernardo autoriza realização de concurso para 782 vagas

Morando assinou contrato com a Vunesp em cerimônia realizada ontem no Paço Municipal. Foto: Omar Matsumoto/PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo assinou nesta quarta-feira (14), em cerimônia realizada no Salão Nobre do Paço, contrato com a Fundação Vunesp para realização de concurso público voltado ao preenchimento de 782 vagas, entre cargos técnicos de 12 secretarias, além de reforços nos quadros da Educação, Serviços Urbanos e Guarda Civil Municipal (GCM). Os salários variam de R$ 1.675,86 a R$ 9.348,71. A previsão é que o edital com a relação de cargos, salários e escolaridade exigida seja publicado em até 60 dias. São Bernardo é o primeiro município a realizar concurso público desde que novos prefeitos assumiram em 2017.

A maior parte das vagas será destinada à pasta de Educação, com oportunidades para Diretor de Escola (50 vagas), Coordenador Pedagógico (35 vagas), Professor de Educação Básica (325 vagas) e Professor de Educação Especial (10 vagas). Já para a GCM serão disponibilizadas 100 vagas. As demais oportunidades serão distribuídas entre as secretarias de Administração, Desenvolvimento Social, Finanças, Gestão Ambiental, Habitação, Obras, Planejamento Urbano, Serviços Urbanos e Transportes.

“Esta é uma decisão calculada e reflete o momento de estabilidade que conseguimos obter após ajuste financeiro que implementamos desde o ano passado. Queremos preencher esta lacuna enorme de servidores técnicos que se aposentaram ou que deixaram a administração e que causou um processo de deterioração dos serviços”, destacou o prefeito Orlando Morando (PSDB). A estimativa é que as contratações tenham impacto mensal de R$ 2 milhões na folha de pagamento.

De acordo com o secretário de Administração e Modernização Administrativa, Pedro Pinheiro, além da reposição de cargos técnicos e complemento em secretarias estratégicas, outro destaque do concurso será a contratação de 100 oficiais administrativos que serão distribuídos em todas as pastas do governo. O último concurso para o cargo aconteceu há 12 anos. Outra inovação é a contratação de Agente de Controladoria, Analista Tributário Financeiro e Analista de Transportes por meio de concurso público. Até então, os cargos vinham sendo preenchidos por funcionários comissionados.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*