Uncategorized

Prefeitura de Santo André interdita estabelecimento noturno na Vila Pires

Prefeitura interdita estabelecimento noturno na Vila Pires
Local não tinha alvará de funcionamento e desrespeitava medidas preventivas de isolamento social. Foto: Divulgação/PSA

Após o recebimento de denúncias, um estabelecimento noturno localizado na avenida Dom Pedro I, na Vila Pires, foi interditado em operação conjunta entre o Departamento de Controle Urbano, Guarda Civil Municipal (GCM) e Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), realizada nesta segunda-feira (6).

O local não tinha alvará de funcionamento e ficava aberto sem respeitar as regras de distanciamento social, causando aglomerações. As equipes de fiscalização da Prefeitura de Santo André seguem trabalhando para que todos os estabelecimentos cumpram as medidas de isolamento previstas em decreto, devido à pandemia de Covid-19.

A prefeitura tem realizado fiscalizações e orientações com mais de 100 servidores na cidade para, se necessário, notificar e multar. O efetivo será ampliado para atender a todos, como parte da operação Comércio Responsável, e serão intensificadas as ações juntamente com a GCM, Semasa e Departamento de Controle Urbano.

Nesta segunda-feira, a prefeitura deu prosseguimento à flexibilização das atividades econômicas, por meio da Operação Comércio Responsável, autorizando a abertura de restaurantes, bares, salões de beleza e barbearias, com as devidas restrições e protocolos de segurança. As equipes têm realizado fiscalização preventiva passando nos estabelecimentos e orientando os comerciantes em relação às medidas que devem ser tomadas.

Restaurantes e bares terão que atender com capacidade reduzida e controle da entrada de clientes na proporção de até 40% da lotação máxima. Cada mesa poderá receber até seis pessoas, com distanciamento de 1,5 metro entre as mesas. É obrigatório manter uma faixa livre de 1,2 metro de passagem entre as mesas dispostas em calçadas.

É recomendado ainda utilizar comandas individuais feitas com material de fácil higienização ou descartável, dar preferência ao uso de talheres e copos descartáveis e substituir bandejas por materiais descartáveis. Outra recomendação é adotar, sempre que possível, sistema de agendamento prévio para reserva de mesa, preferencialmente por meios digitais, respeitando um intervalo mínimo entre os clientes para evitar aglomeração.

O uso da máscara é obrigatório, sendo retirada apenas no momento da alimentação e é preciso disponibilizar álcool em gel no local.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*