Minha Cidade, Ribeirão Pires, Sua região

Prefeitura de Ribeirão Pires leva curso de Educação no Trânsito à rede municipal

Alunos se divertem aprendendo boas práticas no trânsito. Foto: Gabriel Mazzo/PMRPA Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Transportes e Trânsito em parceria com a pasta de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, deu início nesta terça-feira (4) ao curso Educação no Trânsito para os alunos do 2º e 3º ano da Escola Municipal Manoel Baptista da Silva, situada Jardim Esperança. As aulas, que terminarão este mês, utilizam metodologia de aplicação por meio de embasamento pedagógico e tem o objetivo de empregar os conceitos de trânsito na vivência das outras disciplinas, como trânsito e língua portuguesa, trânsito e matemática, geografia e trânsito.

A ideia é transformar os alunos em multiplicadores do conhecimento. “As crianças ampliam o alcance sobre boas práticas no trânsito, pois eles levam o conteúdo aprendido nas aulas para os pais, tios e avós buscarem mais segurança ao volante”, explicou o secretário de Transportes e Trânsito, José Adão Alves.
Educação para Trânsito

Segundo a administração municipal, o trânsito, assim como em outros diferentes fenômenos do cotidiano, nota-se a urgência e a necessidade de buscar educar para a valorização da vida, para respeito ao próximo, e para uma convivência tranquila.

Como fator de mudança, renovação e progresso, buscando levar ao crescimento de cada membro envolvido e, assim, do município como um todo, segundo a prefeitura, o programa municipal de Educação para o Trânsito é o recurso utilizado para dar fundamento a toda ação educativa que envolve o processo de ensinar e aprender sobre práticas seguranças no trânsito.

Com o intuito de criar ambiente que estimule o desenvolvimento de tarefas que ajudem os membros da equipe de Educação para o Trânsito, a Secretaria de Transportes e Trânsito realiza trabalho de educação permanente dentro dos propósitos básicos de liberdade e respeito ao outro, além de buscar ações lúdicas e pedagógicas que estimulem cada faixa etária abrangida pelo projeto.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*