Diadema, Minha Cidade, Sua região

Prefeitura de Diadema realiza intervenção cultural sobre Luta Antimanicomial

Para lembrar o Dia Nacional da Luta Antimanicomial,  celebrado em 18 de maio, a Secretaria de Saúde preparou uma série de atividades e intervenções culturais. A primeira delas será hoje (3), às 10h, na Praça Castelo Branco. A programação ainda conta com encontros, conversas com psicólogos e palestras.

Atendimentos

Atualmente, a Rede de Atenção Psicossocial de Diadema (RAPS) conta com três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) III Gerais, atendendo 1.026 pacientes,  um CAPS III Álcool e Droga com 230 moradores atendidos, um CAPS Infanto  Juvenil com acompanhamento de 530 jovens, além de enfermaria psiquiátrica no Hospital Municipal e atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Os principais transtornos mentais atendidas nos CAPS são esquizofrenia, transtorno afetivo bipolar, dependência de álcool e outras drogas, autismo e anorexia, os últimos dois no CAPS Infantil. Nas UBS os casos mais atendidos são de depressão leve e ansiedade.

Como começou

A data surgiu no Brasil no ano de 1987, na cidade de Bauru, durante o Congresso de Trabalhadores de Serviços de Saúde Mental, com a oportunidade de visibilidade para o movimento da Luta Antimanicomial. Neste movimento de reforma psiquiátrica não se propõe apenas a substituição dos hospitais psiquiátricos por uma rede substitutiva, mas, também o resgate de cidadania e direitos perdidos nos últimos anos.

O objetivo desta data é propor mudanças no tratamento de Saúde Mental e, principalmente, questionar as relações de exclusão social e cultural que são estabelecidas para pessoas que vivem e convivem com transtornos mentais. “No momento atual, no Brasil, encontramos RAPSs constituídas, mas ainda existem os grandes hospitais psiquiátricos. Por isso, a “luta” por uma sociedade sem manicômios continua”, explica a coordenadora de Saúde Mental, Denise Miyamoto.

Programação

Programação Mês da Luta Antimanicomial

Hoje (3), às 10h

Intervenção cultural, organizada pelo CAPS AD *

Local: Praça Castelo Branco. Encontro da Avenida Alda com Avenida Fábio Eduardo Ramos Esquível – Centro.

 

09 de maio, terça-feira, às 13h30

Intervenção cultural, organizada pelo CAPS Centro/Leste *

Local: Praça dos Emancipadores. Avenida São José – Jardim Rosinha.

 

16 de maio, terça-feira, às 13h30

Intervenção cultural, organizada pelo CAPS Infanto Juvenil *

Local: Teatro Clara Nunes. Rua Graciosa, 300 – Centro.

 

19 de maio, sexta-feira, às 13h30

1º Encontro do Fórum Municipal de Saúde Mental de Diadema

Local: CAPS Centro Leste. Rua Sete de Setembro, 18 – Centro.

 

23 de maio, terça-feira, às 10h

Intervenção cultural, organizada pelo CAPS Sul *

Local: Parque Ecológico. Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, 145 – Eldorado.

26 de maio, sexta-feira, a partir das 9h

Dia de encontros, conversas e trocas

Local: Teatro Clara Nunes. Rua Graciosa, 300 – Centro.

 

31 de maio, quarta-feira, às 13h30

Intervenção cultural, organizada pelo CAPS Norte *

Local: UBS Jardim ABC. Avenida das Ameixeiras, 679 – Jardim ABC.

* em caso de mau tempo a atividade acontecerá no CAPS responsável pela organização.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*