Economia, Notícias

Prefeitura de Diadema e Ciesp vão relançar Cadastro de Indústrias

Prefeitura de Diadema e Ciesp vão relançar Cadastro de Indústrias
Soares e Dequech destacaram a possibilidade de geração de negócios com a ferramenta. Foto: Arquivo e Anderson Amaral/Especial para o DR

A Prefeitura de Diadema e a regional do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) na cidade vão relançar no próximo dia 24, por meio de te­leconferência, ferramenta que tem como objetivo fomen­tar a geração de negócios em meio à crise provocada pela pande­mia do novo coronaví­rus. Tra­ta­-se do Cadastro Ge­­ral da In­­dús­­tria, inventário com in­for­­­­­ma­ções de cerca de 1,3 mil em­presas fabris do município.

Elaborado pela Universida­de Municipal de São Caetano (USCS), o cadastro foi lançado em meados de 2016, com dados coletados entre agosto de 2015 e março do ano seguinte. O inventário traz informações sobre produtos e serviços ofe­re­cidos, insumos demandados e resíduos descartados pe­las empresas, entre outras.

A ideia é que com o cadastro, de acesso gratuito, fica mais fácil para empresas de todos os setores buscar fornecedo­res em Dia­dema, o que garan­te a cir­culação de recursos den­tro do próprio município.

A parceria também vai per­mitir a novas indústrias abas­te­cer o inventário com suas in­­formações e às empresas já cadastradas atualizar os dados.

“O trabalho tem quatro anos e pode estar defasado. Com a atualização, oferece­re­mos um cadastro mais fiel ao empresa­riado, que poderá usá-lo como ferramenta de fomento para seus negócios. Vamos fazer a atualização em parceria com a Ciesp, que tem relação muito próxima com os industriais da cidade”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico de Diadema, Laércio Soares.

Segundo o diretor-titular do Ciesp Diadema, Anuar Dequech Júnior, o banco de dados estará dispo­nível na internet. “Ao consultar, por exemplo, um determinado produto, quem acessar a ferramenta terá a lista de empresas que compram e vendem aquele artigo”, explicou Anuar, que negocia com a prefeitura a inclusão de indústrias dos demais municípios do ABC.

Novas fábricas poderão aba­s­tecer o cadastro com suas informações, mas a publicação dependerá de validação da pre­feitura ou do Ciesp. Dequech entende que, com a necessidade de isolamento social imposta pela pandemia, o inventário ga­nha importância. “Nessa fase em que as áreas de compras e vendas estão em home office, essa ferramenta facilita o tra­balho das empresas de encontrar clientes e fornecedores.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*