Mauá, Política-ABC, Sua região

Prefeito de Mauá congela revisão da Planta Genérica pelo segundo ano

Pelo segundo ano consecutivo, o governo Marcelo Oliveira (PT) não aplicará a revisão da planta genérica aprovada pela gestão Atila Jacomussi. Com a medida, o prefeito de Mauá evitará aumentos de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) que em alguns casos, segundo a prefeitura, poderiam atingir até 600%.

No início de 2021, o primeiro ano da nova gestão, o governo petista já havia encaminhado à Câmara Municipal — em regime de urgência e durante recesso parlamentar — projeto para evitar a alta de IPTU.

O aumento previsto na Lei 5.291 (relacionada à Planta Genérica de Valores), de autoria da gestão passada, foi aprovado em 14 de dezembro de 2017. Com isso, 34% dos imóveis em Mauá, ou seja, 27.542 famílias, te­riam aumento consi­derável de imposto em plena pandemia. Com o congelamento, o IPTU terá apenas a correção mone­tária com base na inflação, definida no Código Tributário Municipal.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*